Rede de Montagem e Assistência Técnica POM

O cliente espera um bom serviço, não está interessado em assuntos paralelos. Não diminua o produto, nem o profissional anterior, caso exista um.

Portal do Montador ME - Anúncios de Montadores

PortaL do Montador ME - Montador, anuncie em espaço prático, dedicado exclusivamente à divulgação de serviços de montagem de móveis em todo o Brasil.

Montador de Móveis Credenciado POM Brasil

A realização de um bom trabalho vai além do resultado final. Um profissional de sucesso realiza suas atividades com cuidado, organização e planejamento.

Montadores de Móveis Profissionais

A boa montagem nasce de um projeto bem feito, matérias-primas adequadas, processos de fabricação padronizados e principalmente de um montador de móveis capacitado.

Montagem, Desmontagem e Remontagem de Móveis

O consumidor precisa aprender a distinguir montadores de móveis profissionais e montadores de móveis eventuais. Por melhor que seja o produto, corre-se o risco de danificá-lo.

Montagem de Móveis Corporativos e Residenciais em diversas cidades do Brasil
Orçamento montador de móveis POM
 

7/29/2013

Organização: A velha agenda e o montador de móveis!


Portal do Montador de MóveisPode parecer antiquado falar sobre agenda no século 21, mas enganam-se aqueles que acreditam que a informatização substituiu essa velha companheira. Ela continua sendo o guia seguro de nossos passos!

Desafiamos você montador de móveis agora com algumas perguntas simples. Você realmente...conhece seu negócio de verdade?

Se a resposta foi SIM, vamos lá: Quantas montagens realizou nos últimos 30 dias? Qual foi o valor médio cobrado nessas montagens? Qual foi o tempo médio gasto por montagem? Quanto vale sua hora? Você efetivamente tem esse ganho horário? Qual o tempo de deslocamento gasto até o cliente e qual o custo final resultante disso? Você roteirizou seus atendimentos, ou seja, montou os mesmos em função das localidades ou tipos de atendimento? Quantas técnicas foram geradas ou atendidas? Em suas montagens, quais os percentuais de cozinhas, dormitórios, salas, áreas de serviço, etc? De onde saem seus melhores resultados? Em outras palavras, dentre os fabricantes, qual é seu maior parceiro de montagem? Que percentual ele representa em seu faturamento mensal? E entre os lojistas? Tem recebido treinamento ou material técnico dos mesmos? Pior ainda, quem foram seus últimos 10 clientes? Para quem deve algum tipo de retorno telefônico? Qual a data limite? Como está o andamento deste assunto?

Enfim, as perguntas são tantas, mas as respostas são extremamente simples para quem tem organização. Caso não trabalhe com Ordens de Serviço impressas, a agenda TEM QUE SER sua companheira inseparável. Algumas anotações são fundamentais, mesmo com aquela letrinha de montador, mesmo com os erros de português...não importa, você é um empreendedor e precisa saber onde pisa. É questão de sobrevivência!

Vamos ao que realmente importa. Nem todo montador tem uma esposa maravilhosa com tempo disponível para ajudar na parte administrativa ou aquele filho que sabe tudo de internet e ajuda demais no computador. Mas sabe que não pode empurrar a profissão com a barriga, pois corre o risco de ser apenas mais um no mercado, cada dia mais competitivo e exigente.

O montador chega cansado em casa, a profissão é dura...mas o dia "infelizmente" não acaba aí. Tem a família...e tem a agenda! Tudo bem, ela pode aguardar o final de semana, até melhor assim. Mas o montador não pode fugir deste compromisso que vai consumir seguramente de duas a três horas semanais. Então, escolha um dia para colocar a casa em dia, e FAÇA!

Embora muitos montadores que se dizem experientes achem essa conversa desnecessária, falamos especialmente para você que acredita que algo precisa ser feito, então segue agora a simples receita:

Hora de sair para atender o cliente, anote o horário e a quilometragem em sua agenda. Chegou na casa do cliente, anote o horário de chegada. Ao terminar o serviço, anote novamente o horário.

Obviamente que em sua agenda já estavam anotados os dados do cliente (nome, telefone, etc...) e os produtos a montar, quantidade, se novos ou usados e informações adicionais necessárias como fabricante, tipo de produto e tudo que julgar importante. Anote o valor cobrado e se a montagem foi bem sucedida. Caso não tenha sido, anote o motivo e a solução que ofereceu ao cliente.

Pronto...tem em mãos o que precisa para responder TODAS aquelas perguntas do início. Acredite, foram menos de 10 minutos "perdidos" em anotações, o melhor investimento que poderia fazer em seu dia de trabalho!

Claro que agora vai precisar de uma matemática básica, um pouco de soma e alguns cálculos de médias para organizar essa bagunça. Mas não se assuste, não precisa se aprofundar, é só isso mesmo. Caso não tenha essa habilidade, peça ajuda para algum amigo bom de matemática nas primeiras vezes, depois vai ver como é simples...é só repetir.

Fechando o mês, faça essas contas e conheça seu negócio, afinal quem conhece a si, já tem 50% da batalha ganha. Então, boa sorte e sucesso!

7/09/2013

Montadores de Móveis e fabricantes em sintonia para reduzir a Assistência Técnica!


Montador de Móveis e a Assistência Técnica


O POM em busca de montagens bem sucedidas!

Todos sabem que dentro do processo de comercialização do mobiliário, sempre houve uma grande distância entre montadores de móveis e fabricantes. Também é consenso que a redução desta distância poderia trazer diversos benefícios para todo o segmento e principalmente para o consumidor final. Os três aspectos fundamentais como redução dos custos do fabricante, menor desgaste com os lojistas e maior confiança e satisfação do cliente poderiam ser multiplicados.

Mesmo assim, isso infelizmente nunca sucedeu-se da maneira desejada, dado o alto custo de uma estrutura de treinamento específica para determinado fabricante. As lojas de móveis tentam reduzir este impacto, mas no caso das multimarcas o esforço chega a ser sobre-humano, dada a diversidade de fabricantes e produtos, aliados aos constantes lançamentos e introdução de novas linhas no mercado.

Diversas entidades e organizações também investem neste problema oferecendo cursos de montagem de móveis e aperfeiçoamento para montadores, mas sempre sobre uma perspectiva generalista. Alguns poucos fabricantes aceitam até mesmo absorver este custo de formação para si, oferecendo treinamentos em fábrica ou nas instalações dos lojistas.

Diante deste cenário, o Portal do Montador surge com uma proposta inovadora, oferecendo aos fabricantes de móveis a oportunidade de compartilhar seus esquemas e videos de montagem em um link direto com o montador de móveis. Não importa o segmento, seja cozinhas planejadas, móveis para escritório, roupeiros modulados. Até mesmo fabricantes de móveis planejados podem utilizar este espaço, embora de uma maneira menos específica.

O fabricante realiza seu cadastro no POM e dentro de seu perfil pode disponibilizar os esquemas de montagem ou videos dos produtos que comercializa. Os montadores do POM, espalhados pelo país, terão a oportunidade de acessar este material e tirar suas dúvidas em qualquer lugar onde exista acesso via internet  sem a preocupação de necessitar procurar nas páginas dos fabricantes, economizando precioso tempo de garimpo das informações (já que não existe uma padronização de esquemas nem dos sites dos fabricantes).

O Portal do Montador acredita que a abertura deste espaço pode alavancar sensivelmente a performance dos profissionais da montagem, que poderão assistir os videos e ler os esquemas até mesmo em casa, seja para esclarecer dúvidas ou para seu próprio crescimento profissional.

Dentro deste novo cenário, onde a informação leva ao conhecimento e o conhecimento leva à uma tarefa bem executada, podemos identificar que o final deste processo seria a redução dos índices de assistência técnica para os produtos dos fabricantes engajados nesta ideia.

Até mesmo os demais fabricantes teriam o benefício resultante da melhoria da capacitação dos montadores a nível global, viabilizada pelos fabricantes envolvidos. Nossa ideia não modifica os atuais modelos de treinamento, mas somada a eles, contribui e complementa sensivelmente o resultado final onde ganha todo o segmento moveleiro, seja no aumento de sua eficiência ou na redução global dos custos de assistência.