Montagem de Móveis Corporativos e Residenciais em diversas cidades do Brasil
Orçamento montador de móveis POM
 

8/06/2013

Montador de Móveis: Como exercer o Profissionalismo Total no cliente

Montador de Móveis profissionalismo junto ao cliente
Engana-se quem pensa que profissionalismo é apenas o trabalho perfeito. Somos mais que isso, assim como nossas relações interpessoais. O único fato verdadeiro é que estamos o tempo todo sendo rotulados, avaliados, comparados e classificados por aqueles que nos rodeiam.

Observem o quanto se gasta no frasco do perfume, muitas vezes mais do que no próprio conteúdo. Mas o objetivo não era apenas agradar o olfato? Porém foi investido no visual, no tato, na ideia por trás do aroma...chamamos isso de continente. Na prestação de serviços vale a mesma regra, onde o resultado do trabalho é o conteúdo e as relações interpessoais são o continente.

O tema deste post não é a montagem do produto em si, mas sim tudo que a complementa. Não existe conquista ou fidelização  do cliente sem tais complementos, então vamos à eles. O que seria o montador de móveis perfeito? A montagem do produto impecável já é fato consumado, precisamos ir além deste conceito!

Durante a fase de seleção profissional, seu cliente estará observando como o montador de móveis se apresenta na internet, jornal e demais formas de veiculação utilizada para promover seus serviços. Cuidado com o que escreve e como vende seu peixe, seja atrativo com seriedade.

O relacionamento prefeito nasce bem antes da montagem, já durante a fase de orçamento seu cliente estará avaliando sua coerência de argumentos na definição das atividades e na formação de preços, então seja claro e objetivo, economizando o tempo de ambos.

Caso tenha fechado um negócio com a verdade, seus argumentos certamente foram poderosos. O primeiro passo foi bem dado, mas agora a responsabilidade aumenta, precisará cumprir exatamente o que foi acordado para satisfazer o cliente e até mais que o combinado para surpreendê-lo.

Cumpra o horário, chegue na casa do cliente entusiasmado e com a melhor aparência pessoal possível, mesmo que não seja a primeira montagem do dia. Tenha uma camisa extra na mochila, um desodorante, um chiclete ou bala para usar assim que for lançar o primeiro contato pessoal com seu cliente. Reforce a imagem que vendeu quando lutou por este serviço.

A caixa de ferramentas é seu cartão de visitas e fala muito sobre você, precisa estar ao menos "conservada". Entrar com uma caixa detonada é como ir num aeroporto com uma mala velha, todos vão reparar. Nada de bermudas, chinelos, correntões, cabelos e barba descuidados, gíria ou palavras inadequadas. Solado de borracha é melhor para não fazer barulho nem riscar o piso do cliente. Lembre-se, está entrando em um território novo e desconhecido, aja com prudência. Reconheça o terreno, tomadas, canos hidráulicos e todas informações que o cliente possa fornecer sobre o ambiente.

Neste primeiro momento, identifique o produto a ser montado e reduza a ansiedade do cliente. Tente explicar da melhor maneira possível, o trabalho que será realizado, suas responsabilidades, expectativas de duração e resultados esperados de tais atividades. Por favor, mesmo que apertado, ainda não é hora de pedir para usar o banheiro, acabe sua apresentação antes.

Hora de colocar a mão na massa, nada de som ou headphone no ouvido, esteja acessível à comunicação direta. Nada de fazer piadas, usar apelidos, maltratar o ajudante, ficar se coçando, utilizar tom de voz inapropriado, apoiar-se nos móveis, mexer nos objetos ou tomar qualquer atitude que implique em intimidade inconveniente junto ao cliente.

Ele quer seu serviço, talvez queira sua amizade também, mas não é obrigado a isso e sim apenas a ser educado e cortês com quem realiza a montagem. Peça educadamente ajuda em tudo o que se fizer necessário, não tente descobrir onde ficam as "coisas" que precisa para seu trabalho.

Conforme a montagem evolui, caso tenha aquele acompanhamento "bem de perto", aja com naturalidade. O cliente quer apenas ter a certeza de que fez uma boa escolha quanto ao profissional contratado e que a montagem caminha para uma atividade bem sucedida. Transmita tranquilidade e serenidade.

Finalizada a montagem, é hora de recuperar a aparência do espaço de trabalho. Faça uma boa limpeza em tudo o que está diferente de quando entrou. Agora é um ótimo momento de entregar seu cartão e pedir ao cliente novas recomendações, faça seu marketing pessoal.

Hora de se despedir...agradeça a oportunidade e cultive este canal de comunicação, pronto...mais um cliente conquistado, mais uma porta que se abriu. Se tudo isso aconteceu, você acaba de exercer o Profissionalismo Total referido no título do Post. Em palavras modernas...você é o Cara!


Sorte e sucesso!

0 comentários:

Postar um comentário