Rede de Montagem e Assistência Técnica POM

O cliente espera um bom serviço, não está interessado em assuntos paralelos. Não diminua o produto, nem o profissional anterior, caso exista um.

Portal do Montador ME - Anúncios de Montadores

PortaL do Montador ME - Montador, anuncie em espaço prático, dedicado exclusivamente à divulgação de serviços de montagem de móveis em todo o Brasil.

Montador de Móveis Credenciado POM Brasil

A realização de um bom trabalho vai além do resultado final. Um profissional de sucesso realiza suas atividades com cuidado, organização e planejamento.

Montadores de Móveis Profissionais

A boa montagem nasce de um projeto bem feito, matérias-primas adequadas, processos de fabricação padronizados e principalmente de um montador de móveis capacitado.

Montagem, Desmontagem e Remontagem de Móveis

O consumidor precisa aprender a distinguir montadores de móveis profissionais e montadores de móveis eventuais. Por melhor que seja o produto, corre-se o risco de danificá-lo.

Montagem de Móveis Corporativos e Residenciais em diversas cidades do Brasil
Orçamento montador de móveis POM
 

12/27/2013

Brasil: Retrospectiva 2013, oportunidades no mercado de trabalho do Montador de Móveis

Retrospectiva 2013 do Blog do Portal do Montador de Móveis do Brasil

Portal do Montador de MóveisChegamos aos últimos dias de 2013. Como não poderíamos deixar de refletir sobre este mercado tão particular, constatamos que foi um ano difícil, mas muito produtivo para o Portal do Montador.

Em um primeiro momento.. existia apenas o site de buscas por montadores em todo o Brasil. Rapidamente porém, estava claro que era necessário muito mais que encontrar um  montador de móveis, era preciso criar um perfil profissional.

Tornou-se necessário compartilhar experiências e dividir conhecimentos para somar resultados. Foi assim que fizemos, dentre os diversos assuntos publicados, poucos foram os materiais promocionais. O foco manteve-se na maioria das vezes em assuntos destinados à capacitação dos montadores de móveis.

Classificamos os tipos de montadores de móveis: Montadores de Convencionais, Modulados, Corporativos, Planejados e Montadores-Marceneiros. Explicamos para o cliente final que conhece nosso Blog, a diferença entre os diversos perfis profissionais bem como o motivo pelo qual existe uma variação de valores de orçamentos.

Explicamos  ainda como funciona  a atual legislação sobre o empreendedor individual, na qual encaixa-se o montador de móveis. Também publicamos o detalhamento destes perfis de montador classificados no POM. Contamos a história da origem da profissão e falamos sobre esquemas e videos de montagem de móveis.

Compartilhamos nossa visão sobre o impacto da internet na profissão de montador de móveis, criamos vídeos promocionais e insistimos muito na questão do profissionalismo dentro da montagem e os respectivos cursos de aperfeiçoamento disponíveis.

Tanto para clientes como montadores, publicamos dicas de como conseguir contratar um montador de móveis profissional em meio a uma enorme oferta de mão-de-obra nos móveis convencionais. Criamos ainda o canal do POM no youtube para a divulgação dos videos de montagem dos fabricantes interessados.

Sugerimos um modelo de orçamento para os montadores de móveis participantes do POM, criamos um aplicativo para orçamentos em telefones Android e até indicamos através de Posts os diversos pontos de atuação de um montador de móveis, que não limita-se ao campo residencial.

Finalizando, identificamos variadas possibilidades estratégicas para o Montador de Móveis, que vem se tornando uma pessoa mais informada a cada dia que se passa.

Sucesso à todos

12/17/2013

Ano Novo: Tempo de mudanças, melhores oportunidades e novos objetivos profissionais

O ano novo é momento de mudanças, promessas de novos objetivos profissionais precisam sair dos planos e virar realidade.

Portal do Montador de MóveisEstamos a poucos dias dos momentos mais festivos do ano. Além do Natal, a maior comemoração do mundo ocidental, temos o Ano Novo, uma data repleta de simbologias.

Quando falamos do ano novo, a primeira ideia que se materializa é a questão de o final de um ciclo e o começo de outro. O brilho da cor branca no lugar das marcas do que passou, o velho cedendo ao novo, passado e futuro divididos de uma maneira muito clara, a certeza do que aconteceu frente ao desafio do que está por vir.

Então chegamos ao momento mais precioso de nossas vidas, o momento das mudanças. Cada dia que nasce deveria ser encarado como um ano novo, onde as oportunidades estão diante de nós a cada sol que surge no horizonte, onde tudo muda e nada será como antes.

É chegado o momento de encararmos as promessas não cumpridas, os erros e acertos de tudo o que fizemos, um balanço do que foi este ano. Este balanço não deve ser nostálgico, mas apenas servir como um ponto de partida para nossos futuros compromissos e atitudes.

Falando em montagens, precisamos imaginar como faremos neste novo ano. Não vale pensar em fazer exatamente o mesmo, pois até para o melhor dos montadores de móveis de 2013, seguramente existem pontos a melhorar.

Vamos pensar em um padrão de montagem, pensar em qualidade de atendimento, pensar nos detalhes que não pudemos melhorar neste ano que termina, pela correria do dia-a-dia. Vamos imaginar o que podemos fazer pelo cliente, pois desta maneira, estaremos crescendo no âmbito profissional.

Exatamente aí está o grande desafio, entender o que o cliente deseja e traduzir isto em ações concretas. O cliente deseja economizar seu tempo e ter comodidade, então, tudo o que fizermos para que ele realize seus desejos, ou seja, tenha mais tempo disponível e sinta-se mais cômodo, trará o fruto concreto de nossas ações.

O montador de móveis que conseguir traduzir em ações estes desejos, será o profissional líder em orçamentos e fechamento de negócios no ano que se inicia. Precisamos estar antenados nas tendências para os novos produtos, na questão do funcionamento do mercado de móveis e também nos movimentos da concorrência que nos afeta.

O ano novo é quase uma realidade. Ele vai começar e vai correr rapidamente, Sempre temos a sensação de que o tempo passa cada ano mais rápido e isto é absolutamente verdadeiro. Para uma criança de 10 anos, quando um ano se vai, passaram exatos 10% de toda sua vida. Para um adulto de 50 anos, passaram-se apenas 2% de sua vida, o que é uma fatia significativamente menor do tempo vivido.

Para os montadores de móveis mais novos, existe mais tempo para aprender. Para os montadores mais antigos, existe menos tempo para errar. Para montadores novos e antigos, existe o cliente para atender, então façamos nossas promessas de como agiremos para que em 2014 o cliente seja melhor atendido do que foi em 2013. Feitas as promessas, vamos colocá-las em prática, traçando um caminho de oportunidades.

Pensem nisso e sucesso!

12/14/2013

Atendimento é o melhor diferencial para montadores que já atingiram padrão de qualidade na montagem

Dentro do grupo dos melhores montadores de móveis do Brasil, a qualidade do atendimento é o grande diferencial para o cliente.

Portal do Montador de Móveis
Observando os montadores de móveis em atividade no Brasil, detectamos e comprovamos que alguns já praticam atualmente um elevado nível de qualidade nos serviços de montagem.

Tais montadores inclusive se conhecem no mercado, pois conseguiram construir uma elevada reputação nas áreas em que atuam, formando seu território de influência.

Este respeito e profissionalismo é um ponto extremamente importante, pois sabem que não podem nem devem concorrer em termos de preços, eles chegam a ser 20% mais caros que a média praticada pelo mesmo mercado.

Obviamente vem a pergunta, por que então pagar mais caro por uma montagem? E a resposta começa desde o atendimento telefônico. São profissionais que negociam de uma maneira clara e honesta, possuem uma formação de preços lógica e estruturada sempre constante que não varia em função da necessidade. Apresentam orçamentos organizados nos níveis exigidos pelos clientes, seja por telefone ou e-mail.

Mas as diferenças vão muito além, alguns destes montadores de móveis foram inclusive supervisores de montagem em grandes varejistas. Sempre encontram uma maneira satisfatória para encaixar os clientes na agenda, muitas vezes bastante concorrida, principalmente nesta época.

Quando tocamos no assunto do veículo próprio e adesivado, alguns montadores ficam tristes, mas não é este nosso objetivo. O montador precisa colocar-se no lugar do cliente para entender. Chegando um montador de carro ou moto adesivados com o nome de sua empresa, a montagem já começa melhor, dada a confiança que existe nesta questão subjetiva.

Sabemos que o serviço pode ser o mesmo independente se chega de ônibus ou helicóptero (ou com o carrinho dos Flintstones como na imagem divertida), mas para o cliente, sejamos honestos, esta imagem de estrutura comercial conta sim.

Outra situação é a finalização da montagem, estes montadores de móveis não terminam o atendimento com um simples aperto de mãos, eles entregam uma cópia da ordem do serviço prestado, onde existe seu telefone, preço cobrado, data da montagem etc...Não existe porque fugir do cliente após conclusão da montagem, talvez seja necessário o retorno para algum ajuste adicional. Neste caso, cobrar a visita técnica não é uma prática ruim, inventar desculpa para não voltar é muito pior.

Já soubemos de casos em que o montador parou a montagem para ir buscar em uma padaria próxima, itens que sua cliente necessitava, ou seja, o tempo passou a ser fator secundário na contratação. Os exemplos de atendimento e dedicação ao cliente não param por aí...são muitos.

Resumidamente o que queremos mostrar é que p preço realmente é o grande balizador nos negócios fechados, mas está longe de ser o único para aqueles que souberam construir uma reputação. Para estes, qualidade não se discute, é obrigação na montagem. A verdadeira batalha ocorre de outra maneira, em busca do melhor atendimento, o que vai gerar o que eles mais desejam e precisam... NOVAS INDICAÇÕES!

Sucesso!
www.portaldomontador.com.br

12/13/2013

Brasil: Mensagem de Natal em nome de todos os montadores de móveis do País

Portal do Montador (POM) deseja Feliz Natal e Próspero Ano Novo em nome de todos os Montadores de Móveis do Brasil, inclusive os que ainda não estão cadastrados conosco

Portal do Montador de Móveis
Olá, estivemos ontem (12/12/2013)  no Parque do Ibirapuera em São Paulo SP, preparando uma mensagem de Boas Festas  aos clientes conquistados no decorrer deste ano, em nome de todos os Montadores de Móveis do Brasil.

Sabemos das dificuldades encontradas pelas pessoas que precisam contratar um montador de móveis responsável e qualificado, principalmente agora em dezembro.

Desejamos que este novo tipo de relacionamento esteja cada vez presente em seu dia-a-dia, sempre representado por profissionais que entenderam a seriedade de nossos objetivos, levando conforto e soluções a todos que procuram por serviços de montagem confiáveis e de qualidade.

*** Assistam nossa mensagem ***


"Portal do Montador: O Lugar dos melhores Montadores de Móveis do Brasil!" www.portaldomontador.com.br

12/11/2013

Profissional Liberal: Montador autônomo precisa saber organizar sua vida financeira

O mercado da montagem de móveis possui sazonalidades, o montador de móveis autônomo precisa poupar nos bons meses para garantir estabilidade financeira nos meses ruins

Portal do Montador de Móveis
Em um post anterior citamos a questão da demanda por montagem no decorrer dos meses do ano, sabendo que existem meses muito bons como o atual dezembro e também meses muito fracos como o provável fevereiro à caminho.

Durante o final do ano, o próprio clima do natal faz com que sejamos menos comedidos em nossos gastos. Existem os presentes, as festas e confraternizações e também a famosa realização de desejos postergados durante o ano todo.

Para os profissionais liberais em geral, grupo do qual o montador de móveis autônomo faz parte, este período reserva grandes armadilhas aos desatentos. Em momentos de euforia, pode-se esquecer de contas como IPVA, IPTU, material escolar e alguns outros itens que se concentram logo no início do novo ano e pesam em nosso bolso.

O profissional liberal não possui um planejamento orçamentário de entradas constantes, características de quem recebe um salário. Mesmo assim pode possuir gastos repetitivos que precisam ser cobertos mensalmente.

A armadilha à qual nos referimos encontra-se exatamente nesta questão, ainda mais porque no caso de uma doença como uma forte gripe que impossibilite alguns dias de trabalho, a falta de uma reserva para este tipo de imprevisto  pode destruir o resultado de todo um mês de planejamento.

O objetivo desta mensagem é bastante simples. Precisamos dizer aos montadores de móveis do Brasil que ainda é tempo de preparar-se para as eventualidades de 2014. A sugestão é bastante simples e fácil de ser colocada em prática.

Embora a tentação pelo consumo nesta época seja extremamente grande, segue o desafio. Separar 30% de todo o resultado obtido neste mês de dezembro e direcioná-lo para uma conta poupança que será utilizada no decorrer de 2014 nas eventualidades que provavelmente acontecerão. Podemos evitar momentos de perda da auto estima e de desânimo com a profissão nas horas difíceis, mas isto exige planejamento e ação anterior, sendo agora o momento ideal para tanto.

Se você estava pensando em realizar um dos sonhos de consumo adiados, pense melhor, pode ser que em janeiro consiga realizar um negócio melhor ainda ou até mesmo que o desejo deste consumo passe.

O que podemos dizer é que, aqueles montadores raros que conseguirem fazer um pé-de-meia que garanta o sustento de um mês de 2014 ainda dentro deste ano, estes começarão um ano novo repleto de alívio, com muita tranquilidade para enfrentar a luta do ano novo que se inicia.

Então, comece agora, faça o possível para entrar no grupo dos seletos montadores de móveis que conseguirão formar uma reservinha financeira de emergência. Tenha atitude e reflita sobre o assunto, conselho bom e gratuito anda difícil nos tempos atuais. Sorte, saúde e sucesso!

Planos de corte manuais e softwares de otimização: Um divisor de águas da indústria moveleira

Adélia Covre explica o impacto da implantação dos softwares otimizadores na indústria moveleira ao início da década de 90

Portal do Montador de Móveis
Estávamos recém saindo da fabricação do móvel confeccionado em painel contra-placado e dando os primeiros passos para a fabricação de roupeiros confeccionado em FF (Finish-Foil).

Uma verdadeira evolução para a época, falamos aqui do final dos anos 80 e início da década de 90. No método anterior, o processo de fabricação parecia mais um verdadeiro palco de refugos, retalhos de madeira e restos de cola cascamite pelo chão de fábrica. As prensas comandavam os ciclos de produção.

Lembrando que a década de 90 começou com o colapso da União Soviética e o fim da guerra fria, globalização da economia e portanto consolidação do capitalismo internacional, fatos que abririam o mercado definitivamente para novas tecnologias e severas mudanças que estavam na iminência de acontecer.

Neste tempo eu nada mais era que uma jovem na busca por inovações....projetos de mobiliário eram executados na velha prancheta, no nanquim, no esquadro e régua “T”. Tempos em que tudo era feito no braço, com a velha calculadora como aliada e claro que os famosos planos de corte de chapa feitos à mão.

Executávamos os planos de corte sempre para lotes de 100 unidades o que acabava dando muito trabalho, perda de tempo que de nada ajudava a produção no dia a dia, sempre diferente da teoria.
Em 1992 precisamente, vivíamos ávidos por novidades, a era da automação no setor estava apenas prenunciada, necessidades foram surgindo no decorrer do caminho.

Precisávamos agilizar todos os processos da confecção do produto e no caso do plano de corte, era mais que evidente que algo precisava ser feito para facilitar o dia a dia na produção. Havia a necessidade de trabalhar com lotes diários de produtos agrupados e não apenas um lote de produto individualizado, o que impedia uma melhor eficiência fabril.

Foi quando através da Duratex ficamos sabendo que dois jovens engenheiros mecânicos da Unicamp, José Carlos e Cassio, haviam desenvolvido um software de otimização para corte de vidros e que estava sendo testado na então Santa Marina em São Paulo. Um sistema que rodava na linguagem do antigo DOS 3.2, o que de mais moderno existia na época, seu nome comercial era Símula 2D, na verdade apenas Símula inicialmente.

Uma enorme luz no fim do túnel foi o que enxergamos.  Como a Santos Andirá sempre foi o celeiro de testes de inovação para a Duratex, fomos induzidos a entrar em contato com os pais da ideia, testar o sistema, adaptá-lo e prepará-lo para a indústria moveleira.

O programa precisava de ajustes para rodar o plano na linguagem específica para atender a indústria moveleira. Para tais ajustes era necessário que alguém com sólidos conhecimentos de projetos, custos e chão de fabrica indicasse as particularidades características da industria moveleira. Foi quando um dos engenheiros, o José Carlos, mobilizou-se até nossa fábrica e junto a mim passamos 6 meses ajustando e parametrizando todo o software para este novo mercado.

Nascia assim o Simula 2D para a industria de móveis....um sistema que passou posteriormente a rodar em plataforma Windows, mais sofisticado, com alternativas de mobilidade nas cintas de manuseio de corte de chapas, fornecia percentuais de metragem quadrada de perdas, sobras e metragem real com valores de chapas para ser utilizada em centro de custos.
Imagem relatório Símula 2D
Já existiam na época os softwares de otimização de corte da Giben e Holzma respectivamente, mas estes eram desconhecidos até então no mercado brasileiro devido a serem encarados como utilitários vinculado às seccionadoras. Só tivemos inicio da corrida desenfreada para a automação industrial no setor moveleiro em 1994 com um dólar comprando 0,75 URV e neste momento chegaram as primeiras seccionadoras importadas com tais softwares  embarcados no pacote.

Por volta de 1998, passado um ciclo de 10 anos, o Símula foi assim perdendo seu poder quando a indústria moveleira nacional começou a se modernizar e investir maciçamente em tecnologia e implantação de sistemas, chegando até os dias de hoje.

O grande ciclo virtuoso de modernização total do parque fabril moveleiro ocorreu de 1994 a 1998, quando a relação dólar x real foi historicamente a mais favorável para a importação de máquinas e equipamentos. Já após os anos 2000, muitos outros softwares de otimização nacionais surgiram no mercado oferecendo uma solução acessível e independente da máquina adquirida. Neste cenário, o Símula mudou de nicho de mercado para a indústria de embalagens e de papelão ondulado.

Devido à restrita existência de registros históricos deste momento, viemos hoje aqui com o intuito de testemunhar mais um capítulo da história deste mercado tão peculiar, no qual ainda existe muito o que crescer e inovar pela frente!!!

Finalizo agradecendo o espaço deste blog para meu testemunho.

Adélia Covre

12/08/2013

Avenida Paulista SP: Abbey Road dos Beatles da Montagem, de Londres UK para São Paulo Brasil

Beatles, um referencial na música é inspiração para os montadores do POM, referências na montagem de móveis em São Paulo e no Brasil

Portal do Montador de Móveis
Os Beatles (nascidos em Liverpool e lançados para o mundo em Londres) criaram um novo referencial musical, assim como os montadores de móveis do POM de São Paulo Brasil, que definem atualmente um novo perfil de montadores e são referência profissional na montagem de móveis.

Inovadores em atitude e comportamento para a época, os Beatles mudaram a história da música com seu estilo próprio, a tônica do formato POP da música contemporânea em termos de performance e sonoridade.

Abbey Road, nome de um de seus mais famosos álbuns, também é nome da rua e do estúdio em Londres onde este antológico disco foi gravado. Abbey Road trouxe a música "Here Comes de Sun", hit marcante composto por George Harrison, até então considerado o patinho feio dos Beatles, pela menor evidência dentro do grupo musical formado ainda por John Lennon, Paul McCartney e Ringo Star.

A importância de Abbey Road para a história da música mundial quem sabe será no futuro a mesma da Avenida Paulista para os montadores de móveis do POM no Brasil. Citamos aqui nossos Beatles, Humberto Aquino, Juarez Correa, Cridonízio de Barros e Lucas Feitosa, nossos montadores marceneiros.

Assim como a obra musical é o registro histórico dos Beatles, guardadas as devidas proporções, segue o histórico profissional destes quatro montadores de móveis aqui apresentados, que fazem parte da história da equipe de montagem disktudospbrasil.

Dentre as montagens realizadas, cujo nível de perfeccionismo classifica-se como dos mais exigentes mundialmente falando (pois são formadas por ícones da moda), seguem algumas dentro do currículo destes montadores de móveis e também marceneiros de mão cheia.

  • Loja Dior no Shopping Cidade Jardim em São Paulo SP
  • Louis Vuitton Mega Store no Shopping Ciidade Jardim SP e Village Mall Shopping RJ
  • Tiffany's no Village Mall Shopping RJ
  • Dolce Gabanna no Shopping Iguatemi JK em São Paulo SP
  • Louis Vuitton no Shopping Daslu também São Paulo SP
Citamos complementarmente diversas montagens como lojas da Zelo, BrooksField e tantas outras grifes espalhadas pelo mundo corporativo restrito aos mais famosos Shoppings Centers das grandes metrópoles brasileiras.

Para muitos montadores que possam se perguntar, segue aqui a resposta. Não estão ricos não e são pessoas muito simples e acessíveis, diversas vezes podem ser encontrados fazendo montagens em clientes finais como vocês, andando de trem ou metrô dependendo do endereço do contratante. O que desejamos chamar a atenção aqui é a questão do profissionalismo e da determinação em busca da "montagem perfeita". Este é o referencial que precisa ser entendido e praticado pelos montadores de móveis do Brasil.

Quando todos entenderem que qualquer montagem precisa ser encarada como uma loja da Louis Vuitton em um shopping como o Cidade Jardim, o cliente final será o grande beneficiado dentro desta nova filosofia de trabalho, que desejamos para os profissionais da montagem no Brasil.

Estamos ainda distante de nossos objetivos, mas entendemos que qualquer cliente, seja ele lojista, empresário ou consumidor final precisa aprender a diferenciar e valorizar os bons profissionais, sejam eles montadores de móveis convencionais, modulados, para escritório, planejados ou qualquer modalidade.

Assim como existem os Beatles e os cantores de karaokê, existem diversos tipos de montadores, onde cada um precisa ser reconhecido de acordo com a qualidade do trabalho que entrega a seu cliente. Este é o cenário futuro que desejamos e acreditamos para os montadores de móveis profissionais.

Montadores de Móveis do Brasil, sucesso a todos!

Equipe do portaldomontador.com.br

12/07/2013

Lojas Online: Venda via internet em crescimento finalmente também para móveis

A venda de móveis via internet vem crescendo e pode subir muito mais

Portal do Montador de Móveis
Atualmente a compra de alguns produtos via internet transformou-se em uma prática corriqueira, infelizmente os móveis entraram de maneira tardia neste ambiente, mas isso vem mudando...apesar de possuir certas peculiaridades e particularidades.

Inicialmente era o medo do desconhecido a grande barreira para a evolução deste modelo de negócio das vendas virtuais, falávamos da geração Y onde esta prática não estava totalmente sedimentada.Também existia a questão do pagamento, onde possuir um cartão e créditos era algo restrito a pequena parcela da população.

Dentro deste contexto eis que surgem novos fatores, o primeiro deles exaustivamente citado, o aumento do poder de compra da classe C, agora detentora dos referidos cartões de crédito. Mas não apenas isso, pois novas maneiras de pagamento surgiram e continuam a se aprimorar.

Os sites de compras também tornaram-se mais simples e agora aceitam cartões de débito, débito em conta, boletos bancários em alguns casos e recentemente as compras por dispositivos móveis via Pag Seguro e tantos outros só fazem aumentar.

Nos últimos anos, mais um destes fatores entra em cena, a geração Z chegou ao consumo virtual e de uma maneira bem mais incisiva que a geração Y. Totalmente familiarizada com as novas tecnologias, os indivíduos da geração Z muitas vezes nos perguntam como era a vida sem internet, o que para eles parece impossível. Nós que já vivemos sem o fax, sem o celular, sem a tv colorida (perdoem-me os mais novos) sabemos que o mundo tinha lá suas deficiências, mas é fato que nos trouxe até aqui, escrevo agora de um galaxy S3 já obsoleto para muitos.

Avaliando então as vendas online, percebemos que tudo o que tem uma marca reconhecida, vende mais facilmente via internet! Justamente este é o grande ponto a ser discutido. O mercado virtual aponta para o fortalecimento das marcas de móveis, estes serão os grandes beneficiados deste já nem tão novo modelo de negócios. Não existe o que discutir, as regras do jogo estão mais claras do que nunca, vender via internet uma marca desconhecida é uma árdua tarefa.

Alguns poucos fabricantes já perceberam esta necessidade urgente e começaram a trabalhar firme, mas existe outra grave necessidade. A venda online traz consigo, no caso dos móveis, a questão da montagem. O Portal do Montador tem insistido neste ponto de fragilidade do segmento em relação ao montador de móveis, mas mesmo assim parece-nos que as decisões neste segmento sempre acontecem de maneira tardia.

Mas não sei iludam, não existirão retrocessos neste mercado, a caravana vai seguir por menos que possamos acreditar. Algumas lojas já entenderam este movimento e adotam as estratégias corretas, precisam estar nos dois mundos. Isto é uma tendência que inclusive traz pontos positivos, pois a força virtual é multiplicada quando existe a loja física.

A última das observações em relação também à montagem, é de que o crescimento da oferta de montadores autônomos não é uma simples relação de redução de postos de trabalho ou alguma crise econômica vigente. Pelo contrário, em nosso ponto de vista, está relacionada com o aumento das vendas de móveis online e assim sendo, ainda possui grande margem para seu crescimento. O montador de móveis passa assim a ter seu valor incrementado dentro desta nova filosofia de mercado. The show must go on...o espetáculo não pode parar!

12/04/2013

Detalhista, perfeccionista, organizado ou educado: Quais as qualidades fundamentais para um montador de móveis além da habilidade?

Afinal de contas, além da habilidade e do conhecimento técnico, quais são as principais qualidades que o cliente procura em um montador de móveis?

Portal do Montador de Móveis Como já ouvimos por diversas vezes, o ser humano é um indivíduo altamente sociável e foi dentro desta característica particular que desenvolvemos nossa civilização.

Olhando os detalhes dos relacionamentos sociais, percebemos que existem qualidades comuns que sempre buscamos em qualquer tipo de relacionamento e outras qualidades que são seletivas, de acordo com o tipo de relacionamento em questão.

Poe exemplo, para um professor a qualidade de ser paciente, isso não seria tão adequado para um salva-vidas. Tal profissão precisa de uma atitude instantânea, mesmo que se depare com um banhista brincado ao pensar que estava se afogando, pois ser salva-vidas exige iniciativas imediata, não dá para esperar pacientemente uma situação em andamento.

Partindo para o caso específico do montador de móveis, chegamos em uma situação onde poderíamos fazer uma extensa lista de qualidades e assim deixar todos os profissionais ainda mais confusos porque não é fácil, seja para qualquer profissional listado, ter uma enorme diversidade de qualidades. Vamos ser mais honestos e realistas, existem atitudes momentâneas que não são repetitivas e existem atitudes de perfil pessoal (essas sim as virtudes).

Desta maneira, precisamos olhar para o espelho na tentativa de identificar quais são nossas maiores virtudes, pois estas definitivamente serão as armas utilizadas na construção de nossos diferenciais, nossas características, nossa marca no atendimento ao cliente.

Ainda da mesma maneira (embora guardando segredo), devemos identificar também nossos maiores defeitos, para que possamos policiá-los adequadamente, evitando que contaminem nossos relacionamentos comercias (e por que não aproveitar este post para relacionamentos pessoais também?).

Quando falamos em pontual, este tipo de atributo faz parte das qualidades comuns. Existem por exemplo alguns montadores de móveis que são mais cordiais e atenciosos, outros porém são mais detalhistas e perfeccionistas. Alguns nem são tão educados no sentido de serem mais diretos, pois a falta de cortesia não é aceitável, outros porém são mais discretos e atenciosos. Neste caso falamos de qualidades seletivas.

Enfim, poderíamos escrever um dicionário de adjetivos desejáveis para o montador de móveis, mas não é o foco da questão. Na verdade, desejamos que cada montador consiga fazer o seguinte exercício. Escreva em uma folha de papel, profissionalmente falando, as 5 maiores qualidades que você acredita possuir e também os 5 maiores defeitos.

Depois disso, peça para um amigo com o qual tenha uma convivência ao menos razoável (o ideal seria uma longa amizade) para escrever o mesmo sobre você. Feito isso utilizando os dois papéis, verifique se ao menos duas qualidades e dois defeitos se repetiram. Isto vai acontecer para aqueles que realmente se conhecem.

Caso isto tenha acontecido, o exercício cumpriu seus objetivos, agora você tem em mãos as suas duas melhores armas para imprimir sua marca, sua imagem profissional. Aprenda a explorá-las, pois isto será notoriamente reconhecido onde você estiver. Da mesma maneira, dedique  a máxima atenção em seus dois maiores defeitos, pois eles poderão ser responsáveis por amargos dissabores se não forem adequadamente policiados e atenuados eu seu cotidiano.

O segredo é simples, pense nisso e faça a transformação de suas qualidades em poderosas ferramentas de desenvolvimento profissional. Sucesso!


12/03/2013

Academias de Musculação: Desmontagem e remontagem nas mudanças de endereço com manutenção mensal

Desmontagem, remontagem e manutenção dos equipamentos de academias de musculação, uma área pouquíssimo explorada.

Portal do Montador de Móveis
Recentemente recebemos uma informação bastante preciosa. Academias de musculação que precisam mudar de endereço ou que necessitam de profissionais para a manutenção de seus equipamentos não encontram mão de obra  autônoma.

A montagem é totalmente diferente da executada nos móveis de madeira, mas algumas delas precisam adaptar seus profissionais para a manutenção dos equipamentos simplesmente porque não encontram os profissionais.

Em alguns casos, entra na dança o segurança, o professor de educação física e até mesmo o proprietário. Eles sabem que estão perdendo o foco, mas diante da falta de profissionais capacitados, cada um resolve sua situação como pode.

Vamos agora entender que o verão está chegando, as academias estão com as matrículas no nível anual mais elevado, algumas começando 6 da manhã e parando 22 horas, isso sem contar o caso de algumas que conseguem operar 24 horas. Sim...tem gente malhando 3 horas da manhã, por incrível que pareça.

As academias sabem que a competição é dura. Equipamento quebrado ou com mal funcionamento significa cliente insatisfeito, o que pode ser combustível para a concorrência. A ordem da estação verão é "não perder nenhum aluno e trabalhar na capacidade máxima".

Mas para isso acontecer, agora entre o Natal e Ano Novo temos o momento ideal para uma manutenção caprichada. Nesses dias todo mundo se dá ao deleite de comer um pouquinho mais nas festas e deixar a malhação de lado por uma semana. Sendo assim,  o salão estará praticamente vazio . Dia 2 de janeiro o remorso dos banquetes vai bater e a academia estará explodindo de alunos novamente.

Sabemos que a maioria dos montadores ainda estará sobrecarregada com as montagens de Natal, mas para aquele que deseja um novo mercado de trabalho pouco explorado, vai ter que ralar e fazer o corpo a corpo com as academias de musculação agora.

Acertando a mão no preço, muitos proprietários trocarão as soluções atuais por uma prestação de serviços deste tipo. Tenham em mente que aqui as ferramentas são chave de boca, cabo de aço, óleo de máquina e graxa além das chaves de fendas e phillips.

Não é um mercado tão grande, aliás é um mercado bastante concentrado para se trabalhar, porém quem sabe com 5 a 10 clientes, o montador consiga ter um resultado extra adicional em seu faturamento, continuando obviamente nas montagens habituais do dia a dia.

Para aqueles montadores de móveis que gostaram da sugestão, podem fazer mais ainda. Depois de sentirem-se adaptados à rotina deste tipo de montagem, mandem e-mail para os principais fabricantes dos equipamentos de fitness e coloquem-se à disposição para efetuar a instalação dos mesmos nas futuras vendas. O crescimento e abertura de novas academias já não é tão grande como o de 5 anos atrás, mas ainda tem um bom mercado a ser explorado.

Para os interessados, desejamos boa sorte nas visitas e que os negócios aconteçam!

12/02/2013

Contratar Agora: Socorro imediato já será raro em dezembro, mesmo pelo POM. Agendar a montagem pode ser uma saída.

Montagens urgentes de dezembro terão atendimento não tão imediato como mês passado, o acúmulo de serviço começou.

Portal do Montados de Móveis
Este final de semana fizemos um breve resumo da situação que vem acontecendo nos exatos últimos dias, a questão das vendas de final de ano que se deflagrou.

A questão do Black Friday era uma incógnita em relação às vendas, mas pelo visto ela aconteceu sim. Já alertamos que as consultas dobraram neste final de semana e continuam hoje no mesmo patamar.

Claro que existe a questão financeira, os montadores estão animados. Mas existe também a preocupação com os clientes que poderão se sentir magoados ao buscar pelo montador desejado e não conseguir a montagem imediata. Neste caso, está na hora de todo mundo ceder um pouquinho. O cliente precisa pensar se é realmente imprescindível a montagem para já.

Obviamente que incomoda ver as caixas jogadas pelo chão atrapalhando a rotina da casa, porém um agendamento para o dia seguinte ou para daqui 2 ou 3 dias, pelo menos agora em dezembro, precisa ser encarado como uma ótima solução.

Os montadores autônomos começam a entrar no esquema da pressão. As lojas entregam as fichas e precisam das montagens diárias. Porém, muitos destes montadores autônomos possuem sua carteira de clientes fiéis, os clientes e os amigos dos mesmos. Ficar sem atendê-los, pode significar uma grande perda futura, o vento muda de direção ano que vem em breve.

Alguns montadores estão deixando a montagem dos clientes conhecidos para o período noturno, mas alertamos que isto é um caso específico para relacionamentos anteriores. Não é uma boa solução abrir a porta de sua casa durante a noite para montadores sem referências, todo cuidado deve ser observado, pois alguém pode aproveitar-se desta situação. Neste caso, avise um vizinho, parente ou conhecido que estará fazendo tal procedimento, para que possa ser monitorado em segurança.

Em relação aos profissionais com grande tradição no mundo da montagem, para estes, podem deixar inclusive a chave da casa na mão, são pessoas simples que trabalham duro, mas de caráter extremamente elevado. A maioria deles possui mais de 10 anos no ramo, melhor conhecidos que muitos vereadores da cidade.

Resolvemos escrever este post simplesmente para alertar que o montador de móveis existe para servir, mas não espere um super-herói neste momento. O tratamento será cordial, mas o tempo dedicado à atenção particular, aquele bate-papo pós montagem, vai encurtar nos próximos 30 dias. Para ajudá-los mais ainda, os clientes precisam ser objetivos nos orçamentos. Os verdadeiros profissionais não vão desligar os celulares, mas entendam, as mãos que atendem o telefone são as mesmas que montam os móveis e sustentam suas respectivas famílias.

12/01/2013

Móveis BBB e Montagens PQP: Soluções que o cliente procura e valoriza na contratação

Para entender o que o cliente procura é preciso pensar como ele, solução é a palavra em questão na montagem de móveis

Portal do Montador de Móveis
Claro que é difícil encontrar o que o cliente procura, pois também somos igualmente clientes e a exigência tem sido uma característica crescente de comportamento quando observamos as relações de compra atuais.

No momento da compra, para o caso de produtos, desejamos um bom peço, mas que o produto exiba também seus atributos estéticos (seja bonito) e principalmente que seja acessível dentro de nosso padrão de consumo.

O famoso produto BBB é o artigo em foco na busca por um excelente negócio: Bom, bonito e barato, este é o sonho de consumo de quem vai às compras. Interessante como existem elementos secundários em um produto tão importantes como os atrativos BBB, a variável atendimento pode inviabilizar a compra de um produto, até mesmo caso ele seja um BBB.

Existem pessoas mal atendidas que acabam comprando, embora contrariadas, porque fazem um bom negócio financeiro, mas existem as que simplesmente resolvem abrir mão desta compra. Então vejam só, os elementos secundários são extremamente importantes no fechamento de um negócio.

Falamos agora do serviço atrelado ao produto. Particularizando para o caso dos móveis, muitos lojistas acreditam que a montagem seja um elemento secundário, por ser um serviço atrelado ao produto. Isto ocorre com o atendimento, durante a venda de um produto eletrônico, alimentício, de higiene e demais itens.

Mas aqueles que encontraram o caminho do sucesso, sabem perfeitamente que a montagem não é um elemento secundário, ela simplesmente ocorre em um segundo momento e aqui temos uma grande falha na interpretação e aplicação da teoria consumerista.

Devido ao fato de ser um serviço atrelado ao produto, ela classifica-se como um elemento secundário na venda. Mas vamos observar de perto esta teoria e para o caso específico dos móveis e provar que ela simplesmente não funciona.

Primeiro caso, na compra de um celular. O atendimento foi péssimo. Alguns clientes não comprarão, outros fecharão a compra contrariados e dirão para o vizinho ou amigo que foi uma boa compra, apesar do péssimo atendimento.

Segundo caso, na compra de um móvel. A montagem foi péssima. Quem comprou não repetirá uma nova compra e ainda procurará por seus direitos. Apesar de, em relação ao preço, alguns considerarem um excelente negócio tal compra, não existirá a recomendação em espécie alguma e pelo contrário, amigos e vizinhos serão alertados sobre a compra com montagem problemática.

Caso o montador não esteja vinculado à loja, então nossa defesa de tese não se aplica, pois o problema resume-se exclusivamente ao montador (desde que o produto esteja em perfeitas condições de montagem na entrega), configurando erro exclusivo de montagem.

Desta maneira, para o caso de móveis com montagem, um produto BBB precisa estar associado a um montador PQP, para que o cliente possa admirar sua compra proferindo tal abreviação..."PQP, ficou show de bola, exatamente o que eu precisava". Isto é uma solução funcional dentro de uma negociação bem conduzida e fechada.

Para chegar a este desfecho, o produto bom, bonito e barato (BBB) precisa cair nas mão de um montador de móveis profissional, qualificado e pontual (PQP)

Entendemos que pontualidade faz parte do profissionalismo, mas destacamos esta virtude separadamente por entender o mundo dos dias de hoje, o tempo das pessoas é cada vez mais escasso e precisa ser respeitado ao extremo.

Caro montador, finalizando nosso post, se deseja escutar de seu cliente esta frase: "PQP, você é o cara!" já sabe exatamente qual é o seu papel dentro deste negócio. Por isso, cumpri-lo à risca é uma grande estratégia de mercado, a melhor que alguém poderia recomendar.

Sucesso e boas montagens!