Montagem de Móveis Corporativos e Residenciais em diversas cidades do Brasil
Orçamento montador de móveis POM
 

1/25/2015

Consultórios Odontológicos: Montagens que precisam de conhecimento sobre o mobiliário e fabricantes

Móveis Consultório Odontológico

Montagem de móveis odontológicos se resume a poucos fabricantes

Um consultório odontológico possui alguns aspectos peculiares e outros particulares no tocante às instalações. Dentro deste contexto, normalmente o arquiteto distribui de forma lógica os móveis peculiares, bancadas, armários, arquivos, cadeira e os demais equipamentos dependendo da especialidade do profissional.

Um fator fundamental a observar é a questão da funcionalidade do layout, ou seja, é preciso lembrar que teremos um profissional exercendo suas atividades de maneira a que certos aspectos ergonômicos estejam plenamente resolvidos.

Quando você imagina uma jornada de oito horas diárias de trabalho com os braços fora da posição de repouso (voltados para baixo), entenderá que o sucesso de um dentista (odontólogo) passa pela correta distribuição espacial de equipamentos, ferramentas e materiais, de forma que contribuam na otimização dos movimentos e redução da fadiga à qual está submetido.

Bom, mas o montador de móveis precisa saber de tudo isto? Claro que não, mas justamente por isso não deve sair dando palpites de onde deveria ficar o que, a não ser que compreenda a necessidade de satisfazer PRIMEIRAMENTE o layout funcional e não a FACILIDADE de instalação.

A grande maioria dos móveis e equipamentos possuem uma grande padronização, visto que existe também um padrão de tarefas que são o núcleo da profissão do dentista. Com relação às particularidades, existe a questão de se o profissional trabalha com cirurgias, próteses, ortodontia, se possui espaço para um protético e por aí vai...os móveis vão se adaptando e tomando novas formas!

O montador de móveis que já trabalha neste segmento sabe que existem alguns fabricantes líderes neste mercado, citamos aqui alguns como a Lafaiete, Haydée, Olsen e Mônaco, Para o marceneiro que aprendeu a seguir determinadas normas técnicas, existem também os móveis planejados, mas estes entram como complementos dentro do consultório, o interessante neste caso é que harmonizam com a recepção e o restante das instalações deste consultório.

O mercado costumam reconhecer os móveis odontológicos como uma subdivisão do que chamamos "Móveis Científicos", que englobam principalmente três grupos de mobiliários normatizados voltados à saúde, os móveis hospitalares, os móveis laboratoriais e os referidos móveis odontológicos.

O montador de móveis que deseja trabalhar neste segmento precisa conhecer os representantes, distribuidores e lojas que comercializam tais produtos. Como é um mercado restrito, acreditamos em um baixo volume de trabalho fora dos grandes centros, porém precisa ser atendido e certamente o valor cobrado pela montagem tende a ser maior que a média praticada para o cliente residencial ou mesmo o corporativo padrão para escritórios.

Quando não é o caso de consultórios dentro de salas de edifícios comerciais, existe também a comunicação visual externa, mas este já é um trabalho avançado para o montador de móveis porque pode exigir andaimes, escadas, placas e letreiros luminosos e etc...quem tem parceria com empresas que fazem este trabalho leva vantagem.

As cadeiras e bancadas costumam vir paletizadas e o montador de móveis que deseja instalá-las vai ter um grande desafio pela frente, existem ligações elétricas e hidráulicas a executar. Por outro lado o vendedor prefere mandar um técnico ao local, pois senão terá que chamar 3 profissionais distintos o que tende a encarecer a instalação.

O montador de móveis precisa então aprender a comer pelas beiradas, começando a atuar na mudança de consultórios antigos, onde o proprietário não contará com a ajuda do profissional de fábrica. mas daí, é preciso entender das tais instalações hidráulicas e elétricas, portanto ler o manual é uma obrigação.

Fica então o recado final, quer trabalhar neste nicho de mercado? Comece então visitando um consultório odontológico de algum conhecido. Uma vez lá observe todas as instalações e tente conseguir uma cópia do manual da cadeira e bancadas caso existam. 

Estude e entenda, depois disso comece como ajudante de alguém que já pratica este tipo de prestação de serviço, você verá que não é tão difícil assim. Agora, se conseguir um treinamento no fabricante, poderá com algum médio esforço tornar-se um instalador dos fabricantes já citados neste post, daí é com você...


Sucesso e boa sorte!


Claudio Perin

0 comentários:

Postar um comentário