Montagem de Móveis Corporativos e Residenciais em diversas cidades do Brasil
Telefone Orçamento Montagem de Móveis Residenciais e Corporativos - Ligue Já Contrate um Montador POM - Click ou Toque para visualizar os telefones de orçamento por localidade.
 

8/25/2015

Corrediças para Gavetas (Parte III - Final): Tipos de deslizamento, aplicações e instalação na montagem de móveis

Corrediças para Gavetas: Dispositivos Fundamentais na Funcionalidade do Mobiliário (Parte III - Final)

corredicas para gavetas
Observando o post anterior onde apresentamos as corrediças metálicas de roldanas e as telescópicas, abordaremos neste último bloco as   corrediças invisíveis.

A corrediça invisível é a que agrega maior valor ao móvel. Ao contrário das corrediças de roldanas e telescópicas que são fixadas nas laterais das gavetas, a corrediça invisível é fixada na base da gaveta de modo a não ficar aparente quando a gaveta está aberta, sendo este seu grande diferencial esteticamente falando. 

O sistema de fixação da corrediça possui um engate que fica parafusado sob a gaveta, o que permite prender e soltar a gaveta do trilho com extrema facilidade para efetuar a limpeza.

Este tipo de corrediça é recomendado para móveis de cozinha, dormitórios, instalações comerciais, banheiros ou móveis de consultórios médicos e odontológicos devido a sua praticidade de utilização. Muito utilizadas em móveis de alto padrão, praticamente não existe em móveis seriados, estando portanto presente em móveis fabricados em marcenarias ou indústrias que trabalhem com volumes limitados (pouca escala).

mecanismo do sistema invisivel

Esta corrediça está disponível em dois modelos quanto à extração, um com extração parcial da gaveta e um com extração total, dependendo da aplicação pode ser conveniente a extração parcial, mais barata que o sistema de extração completa.
  • Extração parcial: parte da gaveta continua dentro do armário. Esta é uma opção mais econômica quando não há a necessidade de acessar frequentemente o fundo da gaveta.
  • Extração completa: a gaveta sai completamente do armário, garantido assim, um total acesso ao seu espaço interior.
Algumas corrediças invisíveis também possuem amortecedor integrado, permitindo fechamento suave ao qual é chamado de Soft Closing. No fechamento da gaveta, esta é amortecida pelo sistema integrado à corrediça antes de se fechar totalmente, evitando uma pancada entre a gaveta e o móvel.

mecanismo da corredica invisivel
Outro diferencial em uma corrediça é a abertura com apenas um toque. O sistema Touch to Open, permite a abertura da gaveta sem o auxílio de puxadores. Com apenas um toque (com a mão, perna, joelho, etc.) a gaveta é aberta facilmente. Isso facilita no momento em que a pessoa estiver com as mãos ocupadas.

Encontramos no mercado corrediças invisíveis com amortecimento integrado "Soft Closing" para fechamento suave da gaveta com extração total e com capacidade para 30kg em aço zincado, nas medidas de 300 a 550 mm, e também a corrediça invisível do tipo "Touch to Open", com abertura da gaveta com apenas um toque e comumente extração total que suporta até 30kg, nas medidas de 270 a 550 mm.


Por ser instalada na parte inferior da gaveta, este modelo de corrediça exige uma folga interna menor, sendo esta de apenas 10 mm (contra os 12 mm das telescópicas), o mesmo espaço necessário entre cada gaveta. Vale destacar aqui os fornecedores mais comuns de corrediças no mercado brasileiro, sendo eles:  Bigfer/Hettich, Blum, Cermag e FGVTN, Gold News, Grass, Häfele e Metalnox, Albras. O mix de modelos varia entre tais fabricantes.

Existe ainda o mecanismo eletro hidráulico para acionamento de gavetas conhecido como Servo Drive, uma mistura interessante do conceito de engenharia por trás de todas estas corrediças. Abaixo anexamos um vídeo sobre este tipo de sistema de corrediças e aberturas.


Como puderam observar, existe uma enorme variedade de possibilidades para a questão das corrediças de gavetas, onde talvez a questão mais impostante seja o estilo e as funcionalidades que deseja-se adicionar ao mobiliário. Embora a questão valor agregado seja preponderante, esperamos que os fabricantes procurem cada vez mais adotar em seus produtos (na medida do possível) os modelos que oferecem os diferenciais aqui apresentados. Ganha o mercado, ganha o cliente!

Obrigado a todos que nos acompanham.

Cláudio Perin

0 comentários:

Postar um comentário