Montagem de Móveis Corporativos e Residenciais em diversas cidades do Brasil
Orçamento montador de móveis POM
 

4/20/2017

Montador de Móveis: Como valorizar sua profissão?

Valor da Montagem: Os equívocos da visão UNILATERAL

montador de moveis valor profissional

Recentemente encontrei um montador de móveis conhecido de longa data no centro de São Paulo. Ele porém ainda não faz parte do Portal do Montador, trabalha como funcionário para uma rede de lojas e não tem o hábito de utilizar a internet em seu telefone. Sempre atolado entre 6 a 10 Ordens de Serviço diárias, costuma chegar tarde em casa pois mora na periferia da Zona Leste e resolveu não correr os riscos de andar de moto na Radial Leste (para quem sabe o que isso significa no horário de rush naqueles corredores apertadíssimos).

Depois de uma boa conversa sobre os velhos tempos, chegamos no assunto POM. Obviamente que ele sente e sabe que seu trabalho deveria valer mais. Raros os meses que ultrapassa os R$2,5 mil considerando montagens que vão até as 19 horas muitas vezes. Contudo, prestes a se aposentar  disse-me que vai passar os próximos 2 anos que restam na situação de funcionário mesmo. Afinal de contas, sempre trabalhou assim, apesar de que pude ver seus olhos brilhando quando falávamos do Portal do Montador.

Alguns de nossos montadores credenciados inclusive são funcionários. Mas precisam de disposição para montar mais após um dia cansativo, então acabam que fazendo no máximo uma montagem diária durante a semana e duas ou três ao final de semana de forma que possam descansar ao menos 1 dia, condição obrigatória para enfrentar a semana seguinte.

Durante o bate-papo que durou cerca de 30 minutos, falamos sobre o valor da profissão. Quando o assunto é VALOR todos pensam naquilo que é pago pela montagem e aqui encontramos o grande equívoco que o montador de móveis comete quando assume uma visão totalmente unilateral. Podemos dizer que o valor é um RESULTADO daquilo que se pratica dentro da profissão.

Como regra geral a grande maioria dos montadores de móveis queixa-se sobre a percepção do baixo valor da profissão então precisamos fazer a continha de matemática que leva a este resultado. Aqui entendemos o que os amadores e os maus profissionais provocam dentro desta profissão.

1) Saber fazer orçamentos CLAROS e sem surpresas na casa do cliente conta PONTOS - Tem montador de móveis que adora criar novos motivos para mudar o preço dentro da casa do cliente. Então perguntamos: O ORÇAMENTO DE MONTAGEM FOI BEM FEITO? Ou será que falamos de um "profissional" mal intencionado?

2) Agendar uma montagem e comparecer no horário marcado conta PONTOS - Estamos realmente cansados de falar que faltar e chegar atrasado não pode. Isto irrita demais um cliente, ele tem sua rotina diária, provavelmente mudou suas tarefas e compromissos por conta desta montagem. Parece incrível que um prestador de serviços não seja serio o suficiente para entender este fato.

3) Estar tecnicamente preparado para a montagem conta PONTOS - Os montadores de móveis amadores são aqueles que não possuem recursos e ferramentas para encarar "surpresas" durante a montagem. Uma bucha que não fixou, um parafuso que espanou, um acessório que veio quebrado. Enfim, existem montadores de móveis que desconhecem recursos de montagem extremamente valiosos e adoram um GAMBIARRA brava. Ja falamos aqui mesmo de COMO CONTORNAR E EVITAR UMA ASSISTÊNCIA TÉCNICA DE MONTAGEM. Será que falta o gosto pela leitura?

4) Educação SEMPRE conta muitos PONTOS - Não importa quem esta certo ou errado quando existe uma divergência, o cliente tem preferencialmente a razão, alguns inclusive dizem que isso é SEMPRE. Nunca vi voz grosseira  e radicalização levar alguém a lugar algum senão o fracasso.

5) Aparência pessoal e  higiene contam PONTOS - Também é importante estar consciente de que sua imagem quem constrói ou destrói é você mesmo. Esteja limpo e uniformizado portanto! Acreditem, fico orgulhoso em contar que alguns montadores de móveis carregam escova de dentes e creme dental na mochila (em uma pequena necessaire). Escovam os dentes sim após o almoço, sabem porque? Primeiro porque faz parte da higiene (mesmo estando fora de casa) e segundo porque o cliente da tarde não merece mal hálito ou ter que conversar a mais que 1 metro de distância. Não vou falar de novo do desodorante...

6) Prestatividade conta diversos PONTOS - O montador que fecha muitas Ordens de Serviço está sempre tão pressionado pelo tempo que parece um furacão entrando e saindo da casa do cliente. Tudo o que o cliente escuta é: Bom dia...TOC, TOC, TOC, Tchau! Quem está pagando gosta de ver o trabalho sendo desenvolvido e sempre faz perguntas por vezes delicadas quanto ao produto. Sabemos que muitos montadores não conseguem lidar com este tipo de situação. Alertamos que, se você não tem o que esconder, deixa o cliente assistir (desde que seguramente posicionado) e fica em paz. Simplesmente trabalhe...

Poderíamos continuar com mais uns 10 outros aspectos que levam aos pontos, mas agora vamos voltar à nossa continha. Pois bem, o valor de um montador de móveis é o resultado dos pontos adquiridos somados à montagem executada. Agora você pode REFLETIR e fazer sua conta pessoal, antes de questionar o valor recebido. Some seus pontos!

CONCLUINDO: QUAL O VALOR DA MONTAGEM? Agora ficou mais fácil fazer suas contas e podemos inclusive perguntar para o próprio profissional. E VOCÊ, QUAL O VALOR DE SUA MONTAGEM? Não me surpreenderá saber que você pode estar fazendo parte do grupo que mantem a profissão em descrédito junto à muita gente. Enfim, sempre é tempo para mudar. Pense nisso com carinho, VALORIZE SUA PROFISSÃO, tenha atitude, mude sua postura profissional para um novo patamar, vai ver que o mundo vai te sorrir e o sol vai ter um brilho diferente todas as manhãs!

Sucesso à todos os montadores de móveis do Brasil que amam a profissão!




0 comentários:

Postar um comentário