Montagem de Móveis Corporativos e Residenciais em diversas cidades do Brasil
Telefone Orçamento Montagem de Móveis Residenciais e Corporativos - Ligue Já Contrate um Montador POM - Click ou Toque para visualizar os telefones de orçamento por localidade.
 

1/30/2014

Técnicas de alinhamento e instalação: Montagem em Paredes

A montagem de móveis modulados ou planejados em paredes possui um ritual, normalmente desrespeitado, o ALINHAMENTO

Portal do Montador de Móveis
Alguns montadores acreditam possuir as mãos divinas e olhos biônicos, essa foi a única explicação que encontrei ao observar pessoalmente montagens com fixação em parede, onde o profissional partia direto para a ação sem preparar o ambiente.

Acompanhando o trabalho como convidado, na posição de observador não podemos interferir na frente do cliente, mas passada a situação, fica apenas o recado que precisa ser repassado aos apressados, desinformados ou desatentos.

Caros montadores, vamos falar sobre as técnicas de alinhamento que andam sendo desrespeitadas em troca de economia de tempo.

Você foi chamado para montar aquela cozinha modulada de canto (em L) completona na casa de um novo cliente. Deveria ser hora de impressionar e mostrar seu talento, infelizmente alguns preferem mostrar apenas a rapidez. Trata-se de uma montagem de valor e tempo consideráveis, já foi-se o dia!

Deixando as considerações de lado, quem precisava já entendeu o recado, vamos aos fatos. Início de trabalho, todos os módulos em questão precisam ser  montados individualmente para o caso dos móveis modulados e os subconjuntos precisam formar a estrutura básica para os planejados.

O passo seguinte é a identificação do layout final do mobiliários no espaço de montagem. Precisamos observar se existem corpos estranhos como registros, interruptores, tomadas ou algo que possa significar trabalhos adicionais ou problemas que precisam de solução antes da fixação.

Reconhecido o ambiente de trabalho é chegado o momento das MARCAÇÕES, os pontos e linhas de referência da montagem. Fica particularmente impossível montar qualquer mobiliário mais complexo em parede, com garantia de alinhamento, sem uma linha de referência.

Alguns utilizam a trena e riscam...está errado. Outros fazem o alinhamento dos armários de parede por cima...não vão enxergar, está errado. Só vale por cima para os balcões e ainda assim, embora opcional, aconselhamos nivelar por baixo por causa dos deslocamentos pela gravidade (peso). Claro que é ruim ficar abaixando.

Trena e marcação, esqueça. Quem não utiliza régua de referência (nível com 1 metro ou mais) como na segunda imagem deste post (a maneira correta), precisa ao menos usar linha de prumo (linha de pesca) ou então riscar na régua a marcação do laser para quem tem nível a laser. Não apenas um pontinho, mas criar suavemente a linha de referência de fora a fora na parede, grafite sai depois, a cozinha torta permanece, não é?

Atualmente existe o nível laser com preços muito acessíveis, pode usar uma régua de referência para riscar com lápis a linha laser projetada na parede, também gosto desta técnica.

Ah...diz o montador, "Para fazer o prumo, como é que vou bater prego na parede de azulejos ou texturizada da Dona Maria?" Ih...este não conhece o laser, a fita dupla face, nem a fita crepe e a régua de cartolina e algumas outras soluções...hora de estudar mais...As próprias réguas de referência podem usar calços ou distanciadores até o chão, pense nisso. Existem diversos modos para fazer o alinhamento.

A gente insiste neste assunto porque ele precisa entrar na cabeça do montador de móveis e por lá ficar para sempre. Mas falando a verdade...Concluída a montagem, o cliente acha aqueles erros de alinhamento em altura, largura e até profundidade e o montador ainda diz que o móvel é assim mesmo? Desculpa esfarrapada, você desprezou o alinhamento, fale a verdade e assuma seu erro, que foi ou proposital ou por falta de conhecimento.

Não é justo com o cliente. Ainda se a parede estivesse desalinhada, poderíamos discutir, mas erro de nivelamento por falta de referência...seu eu fosse o cliente (devido a conhecer a maneira correta) não aceitaria o início do trabalho. Ou faz certo ou não coloca a mão!

Infelizmente pobre do cliente, confia cegamente no profissional que contratou...mas tudo pode mudar caso ele leia este post. daí em diante, os montadores de móveis que não utilizam pelo menos a mais simples das opções técnicas de alinhamento, vão acabar sendo identificados.

Claro que existem outras variáveis mais importantes, como por exemplo o dimensionamento de projeto. Se veio errado, com diferença de milímetro na furação ou na medida, vai ser complicado mesmo...Mas daí não falamos do profissionalismos do montador, falamos de um produto questionável se não em projeto, certamente em processo.

Existem alguns dispositivos de fixação em parede que contribuem para o sucesso do alinhamento. Réguas de fixação, nem todas cozinhas possuem, as mais populares mandam apenas o L metálico a ser fixado diretamente. Outras empresas, mais que réguas simples, mandam réguas em cunha ou até dispositivos que mesmo após a furação, aceitam regulagem vertical. Alguns ainda melhores, admitem também correção horizontal.

Não tem como fugir, a parede precisa ficar bem acabada, os recursos existem e precisam ser aproveitados. Na verdade o comprador deveria perguntar ao vendedor qual é o dispositivo de fixação em parede, assim os fabricantes sentiriam a necessidade de melhorar o projeto abandonando o L metálico, mas estamos longe disso.

As boas fabricantes de móveis já fornecem naturalmente os fixadores com alinhamento em Y e Z, ou seja em deslocamento horizontal e vertical, para correções em geral de no máximo 5 milímetros. Quem erra mais que isso, melhor pensar na profissão que abraçou.

Pessoal, então fica combinado, vamos começar a caprichar mais...quando o cliente olhar a preparação da montagem e você explicar a importância deste ritual, ele vai perceber que seu trabalho vale cada centavo do que ele está pagando, claro que vai perder uns 10 a 15% do tempo total de montagem, mas e daí? Será que seu cliente não merece isso?

Obs: Atenção para a imagem da fixação do arremate com parafusadeira (a terceira), não é uma régua de referência e portanto vai ficar em definitivo no local pois faz parte da cozinha. Não queremos ouvir montadores que furaram a parede do cliente para fixar a régua de referência porque assim o ensinaram.

Na primeira imagem, a parede vai receber um acabamento final após fixação da cozinha, devido a isso optou-se por um referencial completo, mas isto é um luxo nem sempre possível, apenas em imóveis novos ou reformas.


Sucesso a todos!

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Boa observação amigo! Eu trabalho em uma rede de lojas e os móveis q vendemos vem com ângulos exatos de fábrica. Percebo muito a dificuldade em cozinhas em L quando o canto da parede esta desalinhado, ou seja o ângulo exato de fábrica quase nunca acompanha o ângulo da parede feita a mão, e sendo uma peça fixada lateralmente a outra isso acaba provocando o desalinhamento completo das outras peças.Complica bastante. Eu utilizo o nível a lazer.
    Mas acredito que o "profissional" da montagem deixa muito a desejar pelos valores pagos pelo serviço, assim como na empresa q trabalho não é pago o serviço de fixação na parede, apenas o valor da peça montada. Sendo os valores "baixos" para que você tenha um bom rendimento salarial, a rapidez neste caso é fundamental. (( quando o contratado recebe apenas pelas peças montadas e não por salário fixo ))
    Trabalho neste ramo a 16 anos.Meus serviços são muito requisitados e recebo muitos elogios. Vejo da seguinte forma : Tenho q ser o melhor em qualquer coisa que eu faça!.. Por morar em uma cidade pequena, não quero cruzar na rua com um cliente que fale mal do meu trabalho. E mesmo assim no final do mês, outros que trabalham comigo acabam tendo um salario maior que o meu, pelo fato de serem menos caprichosos e montar mais peças do que eu economizando tempo nos acertos. Os móveis de fábrica deixam muito a desejar, pois pecam muito em furações e bom acabamento.Acredito q a durabilidades destes produtos dependem fundamentalmente da maneira que é montado, e sempre estou fazendo acertos melhorando a qualidade do produto.. Acredito que mesmo por tanto tempo trabalhando neste ramo a "profissão montador" logo ganhe mais respeito no mercado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Fernando, seus comentários são pertinentes e esclarecedores. Sabemos das dificuldades em manter a qualidade apesar das variáveis contrárias. Agradecemos o enriquecimento do Blog!

      Excluir
    2. Bom dia! continua sendo essa pessoa que você é, caprichoso e honesto. Você é uma pessoa que não tenta ludibriar o cliente. Segue a sua consciencia. Pessoas iquais a você que me faz acreditar em um pais melhor.

      Excluir
  3. Caraca tem varias maneiras de se colocar uma cozinha na parede parece que a profissão que eu escolhi é mais complexa do que me disseram, mas a final nada melhor que aprender com quem faz certo, e não persistir o erro quando errar. Muito obrigado amigos, afinal quem ensina certo é o verdadeiro amigo.

    ResponderExcluir