Montagem de Móveis Corporativos e Residenciais em diversas cidades do Brasil
Telefone Orçamento Montagem de Móveis Residenciais e Corporativos - Ligue Já Contrate um Montador POM - Click ou Toque para visualizar os telefones de orçamento por localidade.
 

5/05/2014

Móveis para Escritório (Corporativos): Detalhes de montagem que fazem a diferença!

Móveis Corporativos, os escritórios evoluem e assumem formas ousadas e dinâmicas em uma aposta nada convencional

Portal do Montador de Móveis
Quando falamos de Móveis Corporativos muitos não imaginam a proporção de informações existentes dentro deste tema, a primeira ideia que se apresenta são os móveis para o escritório tradicional, uma parcela importante deste tipo de mobiliário, mas não a única.

Abordando um pouco mais de perto o assunto, dentro dos móveis para escritório existem subclassificações quanto ao uso. Por exemplo os móveis específicos para Call Centers, as famosas ilhas de atendimento, que diferem bastante do escritório convencional inicialmente imaginado formado por armários, escrivaninhas, mesas, cadeiras, arquivos e módulos variados.

Seguindo dentro desta subdivisão, temos ainda móveis para refeitórios, para anfiteatros e áreas de convivência, móveis específicos para salas de treinamento e reuniões, somadas a estas temos ainda diversas outras aplicações executivas ou operacionais. Citamos também as divisórias para escritórios que fazem aqui parte dos móveis corporativos e adicionalmente as recepções, lugar de forte aposta dos decoradores e arquitetos, por ser um local sempre em destaque e evidência dentro da corporação, o famoso cartão de visitas do negócio.

Este tipo de mobiliário anos atrás extremamente sóbrio e conservador, vem ousando através de novas propostas arquitetônicas que trabalham novas cores, texturas e designs, apesar de manter o foco fundamental na ergonomia necessária ao exercício profissional objetivado. Dentro da área de escritórios voltados ao mercado de tecnologia e internet, temos visto até mesmo salas com painéis decorativos de heróis da Marvel por exemplo. Neste caso, o que vale é passar uma imagem de modernidade bem como fazer os usuários dos espaços sentirem-se mais integrados a eles.

O grande recado que desejamos passar aos montadores de móveis é que observem com mais carinho algumas imagens disponíveis aqui mesmo na internet que trazem estes espaços de trabalho por assim chamados, pois fica até complicado chamá-los de escritórios, dada a ousadia de alguns deles.

Torna-se importante para o montador de móveis que ele comece a observar estas nuances que tomam forma mais evidente a cada novo dia e que montar móveis corporativos já não é e nem será o mesmo "feijão com arroz" de anos atrás.

Preparem-se para novos encaixes, novas montagem e apreciem o aumento do alumínio, do vidro e muitos espelhos nestas composições. Somado a isso, outros materiais menos evidentes também começam a participar do conjunto da obra, couro, tecidos e afins. Novas tecnologias presentes em divisórias especiais de isolamento acústico e uma infinidade de novidades vem sendo alimentada neste mercado nos últimos anos.

Quem achava o gesso acartonado uma revolução, encontra-se hoje bastante defasado. Os escritórios modulam-se em paredes de drywall e divisórias que precisam ser dominadas pelo montador de móveis, existem buchas e parafusos especiais para este novo cenário de aplicação. Fixar um nicho em um local como o descrito, pode ser um desastre para o montador que chega com uma bucha convencional em mãos.

O montador de móveis precisa então observar que ao menos nos móveis corporativos, aquela ideia de montar apenas peças de mdf ou mdp, vem diminuindo à cada dia. Então é importante estar antenado, aprender a usar a Tec Bond, o Silicone, as massas de estucagem, a espátula e outros recursos que não fazem parte do mundo da montagem de móveis residenciais convencionais ou modulados. Está claro que montar móveis corporativos exige mais...alguns montadores simplesmente desistem de participar deste segmento (cujo retorno financeiro é maior, diga-se de passagem).

Apenas para recordar alguns conceitos já passados, classificamos os móveis em:
1) Móveis Convencionais (Individuais)
2) Móveis Modulados (componíveis)
3) Móveis Corporativos
4) Móveis Planejados
5) Instalações Comerciais

E os montadores de móveis em:
1) Montador de Móveis Convencionais
2) Montador de Móveis Modulados
3) Montador de Móveis Corporativos
4) Montador de Móveis Planejados
5) Montador Marceneiro (o top da montagem)

Repetimos aqui a classificação para deixar claro que quando falamos e móveis corporativos, não estamos ainda falando de instalações comerciais (pontos comerciais e lojas que envolvem instalação de fachadas e finalizações intensas no local). Embora para muitos este conceito não tenha uma divisão imediatamente tão clara quando observa-se o produto, acaba fazendo um maior sentido quando observa-se os diferenciais da montagem de ambos.

Evoluindo um pouco este conceito, os móveis corporativos não estão intensamente integrados ao ambiente como as instalações comerciais, que chegam a se confundir com a própria loja ou ponto comercial em si. As instalações comerciais podem ser vistas como um capítulo à parte dentro da montagem, na verdade mais próximas dos móveis planejados do que dos corporativos.

Não faz sentido falarmos sobre montadores de instalações comerciais, visto que participam desta montagem além de montadores de móveis, outros profissionais tais como vidraceiros, eletricistas, instaladores de totens e letreiros luminosos, decoradores e paisagistas, vitrinistas e complementarmente alguns outros profissionais nem citados, de acordo com a característica de cada tipo de instalação.

Estaremos assim tratando as instalações comerciais em um post exclusivo.


Sucesso à todos!

0 comentários:

Postar um comentário