Rede de Montagem e Assistência Técnica POM

O cliente espera um bom serviço, não está interessado em assuntos paralelos. Não diminua o produto, nem o profissional anterior, caso exista um.

Portal do Montador ME - Anúncios de Montadores

PortaL do Montador ME - Montador, anuncie em espaço prático, dedicado exclusivamente à divulgação de serviços de montagem de móveis em todo o Brasil.

Montador de Móveis Credenciado POM Brasil

A realização de um bom trabalho vai além do resultado final. Um profissional de sucesso realiza suas atividades com cuidado, organização e planejamento.

Montadores de Móveis Profissionais

A boa montagem nasce de um projeto bem feito, matérias-primas adequadas, processos de fabricação padronizados e principalmente de um montador de móveis capacitado.

Montagem, Desmontagem e Remontagem de Móveis

O consumidor precisa aprender a distinguir montadores de móveis profissionais e montadores de móveis eventuais. Por melhor que seja o produto, corre-se o risco de danificá-lo.

Montagem de Móveis Corporativos e Residenciais em diversas cidades do Brasil
Orçamento montador de móveis POM
 

12/15/2015

SnapChat decreta o fim da ilusão. Orçamento e Contratação de montagem agora em Papo Reto

SnapChat: O cliente vai exigir e o montador de móveis verdadeiramente profissional vai sair ganhando

snapchat montador de moveis em tempo real


Caros leitores, estou realmente empolgado com o SnapChat e preciso apresentar um importante raciocínio por trás desta relativamente nova ferramenta de comunicação social, a questão da VERDADE, a questão do "quem sabe faz ao vivo".

Houve um tempo em que profissionais se vendiam como os melhores do mundo e a desilusão ficava no final das contas com o cliente. Alguma semelhança com o presente? Pois é, o HOUVE UM TEMPO depende agora exclusivamente do cliente e a situação tende a melhorar de maneira absurda para o montador de móveis credenciado POM.

Ao que tudo indica, a tecnologia sinaliza que a HISTÓRIA DA CAROCHINHA está com seus dias contados. Falamos de profissionais que não são tudo isso, que repassam a montagem, que não possuem ferramentas adequadas. Ao que tudo indica a casa está prestes a cair. O cliente agora tem novas armas e poderá reduzir drasticamente os riscos da contratação

Graças aos smartphones e ao SnapChat o cliente está muito próximo de conhecer DE VERDADE o montador de móveis antes que o mesmo adentre o local da montagem. Nada de videos gravados anteriormente, nada de cama preparada, nada de vender uma ilusão. O cliente tem o direito de exigir comprovações da capacidade técnica do montador de móveis.

Para quem trabalha prestando serviços nada melhor que mostrar ao vivo seu trabalho, não existe constrangimento nesta situação. Não existe montador feio ou bonito, existe sim o montador de móveis bom e o outro tipo de montador, o bom de conversa apenas...

Graças a este tipo de tecnologia. o cliente pode resguardar sua intimidade, uma vez que o vídeo desaparece depois de 24 horas, ou seja, sua casa, seus móveis, sua intimidade estarão preservados. O vídeo do Snapchat estará cumprindo seu propósito em uma via de mão dupla. O vídeo de ida para o orçamento e o vídeo de volta com o montador que executará a montagem.

Nada de videos antigos, o cliente precisa exigir o AGORA, pedir para o montador mostrar suas ferramentas, mostrar sua cara, provar que realmente é um profissional sério. entendo desta maneira que o Snapchat será o primeiro aplicativo a separar a verdade da ilusão. Com isso acredito que muitos montadores (os menos sérios) estarão em um primeiro momento negando-se a abraçar este tipo de tecnologia. Porém, assim como hoje acontece com o Uber e outras ferramentas tecnológicas, trata-se de um caminho irreversível...Mesmo que difícil para muitos!

O vídeo em tempo real parecia uma realidade distante ou pior ainda, uma ferramente de custo inviável para nossos dias. Porém o Snapchat e talvez outros novos aplicativos seguindo a mesma linha de raciocínio sejam capazes de inaugurar uma nova relação entre clientes e prestadores de serviço daqui por diante.

Como tudo na internet tem seu tempo para acontecer ou não, hoje escrevemos este artigo na base da esperança. Talvez tais práticas acabem por se confirmar um mero modismo ou nem mesmo cheguem a inaugurar uma tendência propriamente dita. O que sabemos é que isso é bom para o cliente e ruim para os maus profissionais do mercado. Existem revoluções impensadas que nos abalam bem como ideias que jamais saem da teoria, isto só o tempo poderá decidir...Orçamento com vídeo em tempo real, o SnapChat é apenas o primeiro de muitas possibilidades futuras.

Sucesso à todos


C. Perin





12/14/2015

Móveis Convencionais: Dicas importantes na hora de comprar e montar itens do mobiliário

O que o cliente precisa saber na hora de comprar e montar móveis convencionais

como comprar moveis convencionais

Já não é de hoje que a maneira de comprar móveis convencionais mudou radicalmente em nossas vidas. Observando o comércio brasileiro, cerca de 20 anos atrás (a primeira em 1992) surgiam as Lojas Eletrônicas Luiza, uma espécie de precursora do que seriam as vendas de móveis pela internet, Observando que a própria internet da maneira comercial que conhecemos, deu seus primeiros passos por aqui apenas em 1.996.

O modelo era distante das lojas virtuais de hoje, mas a ideia do comprar móveis sem ter o produto físico, em especial os móveis residenciais. O formato e-commerce começou a ser explorado no Brasil na entrada do segundo milênio. Podemos dizer que o mobiliário foi o último dos itens a participar deste modelo de comercialização, dadas duas de suas particularidades (múltiplos volumes e necessidade de montagem posterior à venda).

Passado um longo período de aprendizado (cerca de 15 anos), chegamos ao tempo presente, onde as lojas de móveis online sofreram um forte processo de proliferação à partir de 2010, sustentado pelo barateamento e popularização de diversas plataformas do e-commerce e hoje competem de maneira canibalista em um mercado ainda com potencial de crescimento.

O que difere agora é que os novos entrantes (lojas novas) não encontrarão mais concorrentes despreparados, a briga já possui os "cachorros grandes".  Estabelecer-se neste mercado exige planejamento e diferenciais que garantam estratégias de competição capazes de anular ou minimizar as questões preço e entrega. Talvez então estejamos falando de qualidade, design e montagem.

A compra de móveis pela internet baseia-se na questão da confiança do cliente com relação à imagem daquilo que deseja adquirir. Entretanto, o famoso DESCRITIVO TÉCNICO, obrigatório por lei nas especificações do produto, acaba sendo desprezado ou não observado pelo comprador, mestre em observar preço e prazo de entrega, mas totalmente inocente ao não comparar os descritivos técnicos de diferentes produtos.

Então vamos ao que realmente interessa...

Os móveis convencionais são compostos em sua grande maioria por chapas (paineis) de madeira reconstituída, o MDP e o MDF. O MDP é a chapa de pinus ou eucalípto no formato de partículas do tipo aglomerado e o o MDF a chapa de fibras de madeira, como linhas de um novelo. O MDF leva vantagem sobre o MDP porque admite usinagem e possui uma maior continuidade em sua composição estrutural, mas não se iludam, a ESPESSURA é muito mais importante que a constituição da chapa.

Na Europa e USA, o padrão de espessura dos móveis convencionais populares é de 18 mm. Aqui no Brasil e nos países de menor poder aquisitivo o padrão é 15 mm. Alguns bons fabricantes adotaram o padrão europeu e americano, mas são exceções e não a regra. Este é o primeiro ponto. CUIDADO COM MÓVEIS DE ESPESSURA REDUZIDA, possuem menor durabilidade e maior chance de avariais e empenamento.

Atualmente existe uma tendência ecológica em substituir os painéis de madeira reconstituída por materiais reciclados provenientes dos plásticos e resíduos de hidrocarbonetos, porém este processo é pouco representativo dentro da gama do mobiliário comercializado.

A segunda observação refere-se ao ACABAMENTO SUPERFICIAL oferecido pelos móveis convencionais. O processo mais barato é a Pintura UV. Para variar, o mais caro é o laminado de madeira natural, infelizmente em desuso por aqui. A solução mediana é o acabamento via lâminas ou películas industriais e as opções são diversas, BP, PET, PVC, FF (papel), etc...

Mais importante que o processo de acabamento superficial, é a QUALIDADE deste acabamento. Poderíamos ter uma lâmina de madeira extremamente fina e uma camada de pintura UV extremamente generosa, o que acabaria por equilibrar este jogo. Na verdade o grande problema é a competição entre os fabricantes de móveis convencionais.

No objetivo da busca pelo melhor PREÇO, acabam optando por sacrificar a qualidade do processo de pintura e neste caso o cliente paga o pato. Em menos de 9 meses após a aquisição do produto, aquele brilho maravilhoso foi embora, deixando à mostra o substrato, as marcas do cavaco de aglomerado da chapa base abaixo da pintura. Devido à isto, muitos entendem que o MDF é superior., mas isto não é a verdade.

O ponto verdadeiro é que quando o substrato é o MDF, os cavacos acabam não sendo visíveis, mas o problema está na camada da pintura e não no substrato. O cliente desiludido e com um maior poder aquisitivo, acabará optando pelo BP em sua segunda compra ou então adotando a estratégia de considerar os móveis descartáveis, substituindo os mesmos sempre que possível. Já o cliente de menor poder aquisitivo permanecerá preso a este modelo.

Dentro desta segunda observação, colocamos a questão do acabamento dos BORDOS. Similarmente os bordos podem ser acabados em papel, PVC ou lâminas de madeira. O papel é a solução mais econômica e por isso mesmo, dependendo de sua qualidade, poderá oferecer grande espaço para o surgimento de avarias. As quinas dos móveis são os principais focos de avaria. O PVC e a lâmina de madeira são capazes de absorver certos impactos mecânicos moderados, o papel não.

Nossa terceira observação fica por conta da qualidade das FERRAGENS e acessórios. Este ponto por sinal é o que faz a grande diferença no preço final do produto. A variação de qualidade e funcionalidade é enorme. Existem canecas de dobradiça em basicamente dois padrões, 26 mm e 35 mm. Modelos diferentes de calços sistemas de abertura, etc...

Além disto existem as corrediças e os elementos de fixação. O cliente não tem como absorver todo este conhecimento, grande até mesmo para nós que somos da área. As possibilidades são extremamente variadas. As melhores corrediças são as do tipo telescópica e os melhores dispositivos de fixação são em geral os utilizados pelos móveis planejados.

Observado o produto em si, temos agora a questão da EMBALAGEM. O cliente precisa observar qual é o tipo de embalagem oferecido no móvel a ser adquirido, cantoneiras de proteção, filmes plásticos, calços, mantas de proteção entre peças, etc...Tudo isto está no custo e sua inobservância indica assumir riscos em TRANSPORTAR e entregar um produto sem integridade física ao cliente.

Finalmente chegamos ao cliente na hora da MONTAGEM. Passados todos os detalhes acima descritos, temos agora a questão da qualificação do profissional da montagem. Existe uma questão de comodismo por parte de toda a cadeia moveleira. Inobservados os pontos anteriores, não podemos aguardar um desfecho milagroso por parte do montador de móveis. Por mais qualificado que o mesmo seja, certas questões tornam-se irreversíveis na casa do cliente.

Vale lembrar que somos todos parte de uma mesma corrente. Tal corrente arrebenta sempre no elo mais fraco. Agora...O elo mais fraco é na verdade RELATIVO, pois depende de quem o observa. O elo mais fraco pode ser justamente aquele que encontra-se fazendo o MAIOR ESFORÇO para que tudo aconteça da maneira correta. Apenas o conhecimento técnico é capaz de verificar qual é o verdadeiro problema e sua origem.

A palavra correta passa agora a ser RESPONSABILIDADE naquilo que fazemos, independente de qual nossa missão dentro do segmento, fabricação, venda, distribuição ou montagem. O ideal seria tudo nascer de um bom projeto, bons materiais, bons processos, boa proteção, bom transporte e boa montagem. Infelizmente a guerra pelo preço e a falta de informação do cliente nos distanciam deste cenário ideal.


Sucesso à todos os montadores de móveis que fazem sua parte de maneira honrada.

C. Perin

12/12/2015

Vagas para profissionais acima da média: Não é emprego, temos TRABALHO para os melhores montadores!

Montadores acima da média: Lugar imediato garantido no Portal do Montador, fale conosco!

montador-de-moveis-credenciado-pom

Montagem de Móveis? Sim temos vagas, sim temos trabalho imediato...Mas somos exigentes! O mercado diminuiu com a crise econômica e mesmo assim a procura por montadores de móveis credenciados POM aumentou. Isto era previsível, pois o cliente inteligente busca sempre pelo preço acessível, mas não está disposto a abrir mão da qualidade na montagem.

Estamos este mês de dezembro dentro do período mais aquecido do mercado com relação á montagem de móveis. Sabemos das dificuldades relativas ao poder aquisitivo do cliente, pois o momento é de retração econômica. Mesmo assim agradecemos pela preferência e prestígio que recebemos na hora da contratação, seja por montagem, vistoria ou até mesmo assistência técnica.

O trabalho manual possui algumas características particulares. Dois pintores tidos como profissionais conseguem resultados totalmente distintos ao final do trabalho. Um deles será mais econômico na utilização da matéria-prima, mais perfeccionista no acabamento e mais dedicado e comprometido com o resultado final do trabalho. Este terá o perfil insistentemente procurado pelo Portal do Montador.

O cliente precisa analisar à partir de coisas simples, porque um cozinheiro faz um arroz deliciosos e outro não? Então estes profissionais devem receber o mesmo valor? Sabemos que o preço praticado pelo montador de móveis credenciado é um pouquinho maior que de seus concorrentes, mas isto é resultado da necessidade de valorização profissional. O montador credenciado POM executa montagem limpa com atendimento diferenciado. Não trabalha por produtividade, pois trabalha pelo resultado final.

Temos carência destes profissionais, diversas cidades aguardam montadores acima da média para preencher vagas como montadores de móveis credenciados POM. O cliente já sabe disso e procura por estes montadores em diversas cidades por vezes sem encontrar. Sabemos que tais profissionais existem, porém muitos deles por incrível que pareça, ainda não conhecem o Portal do Montador e nossa filosofia de trabalho.

Caro montador, se você é apaixonado por sua profissão, se você sente prazer em ver um móvel bem montado e encara o valor recebido por isso como consequência de seu trabalho, estamos aqui. Temos um lugar reservado para você dentro da equipe de montadores credenciados do Portal do Montador, estamos aguardando seu contato.

Não se iluda, muitos montadores menos qualificados encontram-se neste momento abandonando a profissão. Muitos clientes igualmente neste momento passam por frustrações causadas por contratações mal feitas, sem observar critérios mínimos de qualidade e capacitação necessários.

Outra coisa fundamental que o cliente tem aprendido de maneira amarga ultimamente: QUANTO MAIS BARATO O PRODUTO, MAIS IMPORTANTE TER UM BOM MONTADOR DE MÓVEIS. Isto porque a fragilidade do mobiliário de baixo preço expõe a montagem a sérios riscos de qualidade. O processo da montagem torna-se extremamente delicado. Falamos de painéis estreitos, camadas de pintura muito finas, acessórios e ferragens no limite da funcionalidade e um produto com chances potenciais de sofrer avarias durante a montagem nas mãos de profissionais menos preparados.

Montador de móveis qualificado, se você deseja valorizar seus diferenciais, o lugar certo é o Portal do Montador. Entre em contato conosco pelo whatsapp (011) 94262 6262 que teremos o prazer em explicar o que é necessário para ser um montador de móveis credenciado POM. Mude sua vida da maneira correta.

Acreditamos em um futuro onde todos os montadores ditos profissionais possuam um nível laser, detectores de obstáculo, ferramentas de tecnologia, comportamento ético dentro da casa do cliente e acima de tudo sejam capazes de entregar ao cliente exatamente aquilo que ele deseja, a BOA MONTAGEM, sem surpresas e sem frustrações.

Muitos montadores estão preocupados com o emprego, enquanto que o mercado se expande para aqueles que oferecem um bom serviço como autônomos. O trabalho está aí, de portas abertas para quem acredita na qualidade da montagem. Muitas vezes não somos contratados para montar e sim para corrigir montagens inadequadas. Isto faz parte e não podemos nos negar, o cliente não precisa sofrer uma segunda vez!

Acreditamos que em 2016 continuaremos no mesmo ritmo de crescimento que temos experimentado desde que o Portal do Montador iniciou suas atividades no ano de 2013. Então faça sua parte, tente se aprimorar sempre mais a cada dia. O mercado estará sempre valorizando quem faz algo bem feito.


Sucesso a todos os atuais e futuros montadores de móveis credenciados do Portal do Montador.

C. Perin

12/05/2015

Comportamento: O respeito profissional nasce da postura além da qualificação. Aprenda e pratique!

Postura dentro da casa do cliente, a diferença entro o sucesso e o fracasso profissional

postura comportamental do montador de móveis

Hoje falaremos de um tema fundamental na vida de um prestador de serviços que trabalha dentro da casa ou ambiente profissional de seu cliente, a questão comportamental e de como a postura neste ambiente é capaz de destruir a imagem do mais qualificado e competente montador de móveis.

Tentaremos ilustrar tal questão com algumas pequenas considerações sobre a imagem que formamos do profissional que contratamos, de como isso funciona na cabeça do cliente. Para começar o assunto propriamente dito, imagine um policial militar fardado tomando uma cerveja em um boteco. Agora imagine este mesmo policial tomando a mesma cerveja no mesmo local, agora porém sem a farda.

Pois bem, a grande diferença está no fato de que quando nos identificamos como profissionais certas posturas não nos cabem, beber a cerveja seria uma imagem corriqueira, natural e perfeitamente aceitável para uma pessoa comum, não para o profissional em questão. Você gostaria de ser operado por um médico que tomou essa cervejinha antes de entrar na sala de operações?

Enfim, após esta breve ilustração, precisamos alertar e ajudar alguns montadores de móveis que embora extremamente qualificados, acabam diminuindo a imagem dos colegas de profissão quando insistem em algumas posturas que destacaremos no decorrer do texto.

A regra básica para evitar as mancadas profissionais é simples, colocar-se SEMPRE no lugar do outro, afinal educação não vem de classe social e sim de fatores e valores íntimos. Nada melhor do que imaginarmos como os outros receberiam nossas atitudes para sabermos se as mesmas estão corretas.

Primeiro aspecto básico, as DIFERENÇAS...

Pois bem, o cliente não está interessado em que time de futebol você torce. Talvez ele não goste de futebol, ou pior...talvez não goste do seu time...Pense com carinho nesta questão. Existem situações que uma boca fechada é o melhor negócio do mundo. Você veio MONTAR.

Um outro ponto fundamental, a religião. Lembre-se que esta escolha também é íntima e pessoal. Caso você esteja certo, parabéns para você. Não procure converter ou questionar quem julga estar errado, já existe um JUIZ para isto. Este cargo não é seu, não interfira em questões de crença...cuide de sua fé. Você veio MONTAR. Se quer o bem de alguém, ore por esta pessoa para que ela encontre o.caminho que você julga já ter encontrado.

Agora sobre a política, ainda mais nesses tempos confusos. Cuidado com o que vai falar, mais uma vez pouco importa sua opinião para o cliente. Se o Brasil vai mal, foi por escolha da maioria, talvez este cliente não faça parte desta maioria. Você foi chamando para MONTAR.

Um outro fator importante, jamais ridicularize seu ajudante ou companheiro na casa do cliente ou até mesmo quando estiverem à sós. Isto acaba por revelar que sem respeito ao próximo você perde o respeito por si mesmo, ou seja, acabará por ficar diminuído frente ao seu cliente. Então seja ético e respeitoso, só faz bem!

Como pudemos observar, o cliente está interessado na montagem. Espera um serviço de qualidade apenas. Analisados estes pontos, acabamos percebendo as queixas de alguns montadores de móveis quanto ao respeito profissional recebido pela categoria, mas a verdade está aí...

Para ser respeitado, você precisa em primeiro lugar se DAR AO RESPEITO. Não existe como conseguir isto contando piadas, tirando sarrinho de time de futebol, criticando a crença alheia e muito menos ridicularizando seus parceiros profissionais.

Outro detalhe ainda tão importante como os já citados, os DEFEITOS...

Jamais brinque com os defeitos físicos de alguém, isto pode revelar que você talvez tenha um defeito de caráter, o que é BEM MAIS grave. As pessoas são o que são, não escolheram seus defeitos, apenas os possuem e podem ter levado um longo período até a própria aceitação. Cuidado com gordinhos, baixinhos, desdentados, gagos, carecas como eu (rsrsrs), mancos, ou com qualquer tipo de deficiência ou limitação física. Olhe-se no espelho, agradeça por sua condição, e lembre-se que o cara que está te olhando ali no espelho sabe muito bem o que tem dentro de seu coração. Talvez enormes virtudes, talvez enormes desvios de personalidade ocultos...

Para finalizar segue a regra fundamental. Você está na casa do cliente para fazer uma boa montagem e isto é tudo o que interessa. Existem clientes da direita, existem clientes da esquerda, clientes com preferências sexuais diversas, clientes espíritas, ateus, evangélicos, etc...Existem clientes altos, baixos, gordos, magros. clientes corintianos, palmeirenses e clientes que não suportam ouvir sobre futebol. Clientes que gostam e odeiam pagode, rock ou sertanejo...

Mas entenda uma coisa de vez, para o profissional existem apenas CLIENTES. Então por favor, façam o possível para com vossa presença, tornarem o dia deste cliente melhor e não pior....Façam a diferença, façam uma boa montagem e afastem-se destas armadilhas profissionais, as DIFERENÇAS e os DEFEITOS. Lembrem-se, apenas a montagem não vai sustentar um montador que não sabe se comportar frente ao cliente.

Sucesso á todos os que desejam adotar este tipo de postura. Respeito é bom, todos gostam e só faz bem!


C. Perin