Montagem de Móveis Corporativos e Residenciais em diversas cidades do Brasil
Orçamento montador de móveis POM
 

11/14/2013

Móveis Planejados: Reduções, recortes e adaptações, entenda as diferenças profissionais!

Portal do Montador de Móveis
Novamente voltado à hierarquia da montagem quanto à complexidade, temos a já divulgada classificação:

1) Montador de Móveis Convencionais (Individuais)
2) Montador de Móveis Modulados (Componíveis)
3) Montador de Móveis Corporativos (Móveis para Escritório)
4) Montador de Móveis Planejados
5) Montador Marceneiro

Considerando que muitos clientes ainda se confundem na hora de contratar o montador de móveis mais adequado às suas necessidades, neste post (atendendo a solicitação de um montador), falaremos especificamente sobre o montador de móveis planejados. O que define este profissional e quais características o diferem dos montadores de níveis inferiores na hierarquia técnica.

Existem duas situações bastante distintas durante a execução das atividades do montador de móveis planejados. Uma primeira é quando o mesmo encontra-se executando montagens de níveis técnicos  inferiores ao seu e a segunda que acontece quando este montador faz as montagens relativas ao seu próprio nível.

Normalmente, o montador de móveis planejados não se sente atraído por montagens de móveis convencionais ou modulados, diferente das montagens de móveis corporativos (móveis para escritório), onde a frequência de montagens já começa a ser maior, dada a complexidade exigida.

Provavelmente isto ocorra, primeiro obviamente  em função dos valores pagos pelos serviços de montagem e em segundo lugar pelo fato do serviço não exigir certas habilidades que ele tem e gosta de usar em seu trabalho diário.

No primeiro caso citado anteriormente, ou seja, quando este montador realiza montagens de móveis convencionais, o que é raro (este montador deve estar com dificuldades em achar clientes), tanto ele  como seu contratante terão certas frustrações. Ele porque estará recebendo menos que o habitual e o cliente, que provavelmente poderia pagar um pouco menos do que está pagando, se tivesse contratado um montador de móveis convencionais. Neste caso, pode levar alguma vantagem o montador de móveis convencionais no quesito rapidez, mas não é uma regra obrigatória.

Ainda neste caso, em relação aos móveis modulados, a situação poderá reverter em prol do montador de móveis planejados. Tudo depende do que o cliente deseja.

Caso o produto seja montado exatamente como seu projeto, sem nenhum tipo de alteração, o montador de móveis modulados (que usa as ferramentas necessárias para esta montagem e alinha o produto como deve ser feito) fará este serviço com a mesma desenvoltura que o montador de móveis planejados ou até mesmo com maior rapidez. Novamente aqui existe a questão do valor acertado entre cliente e montador.

Continuando nos móveis modulados, caso o cliente deseje efetuar reduções, recortes, cortes em meia esquadrilha, colagem de bordos no local, adaptação de ferragens e acessórios, readequação das divisões internas do produto, troca de portas e demais personalizações, a situação muda totalmente de figura.

Lembramos que à partir deste momento, o produto perde sua garantia em relação à loja, mas se o montador de planejados é o que diz ser, o cliente pode ficar tranquilo, pois o produto ficará de acordo com suas expectativas. Então vejam só, apesar de falarmos da montagem de um móvel modulado, o montador de móveis planejados consegue efetuar o desejo do cliente com sucesso, situação adversa para o montador de modulados.

Os casos de Procon podem ocorrer aqui toda vez que um montador de modulados tenta fazer tais atividades sabendo que não foi treinado para isso. Pode parecer simples fazer um recorte ou a redução de um produto, mas o montador de móveis planejados sabe que uma simples serra circular ou tico-tico sem afiação seria o suficiente para colocar tudo à perder, porque ele foi treinado para isso.

Seguindo nosso raciocínio em direção aos móveis corporativos, o montador de planejados começa  a sentir-se em seu ambiente, pois já existe uma planta a ser seguida, os procedimentos são mais sofisticados e as atividades de elétrica e lógica já exigem os recortes, rasgos e encaixes feitos no local, embora em menor quantidade que as existentes na montagem de móveis planejados. Desta maneira como dito anteriormente, já começa a ser comum encontrar o montador de móveis planejados efetuando este tipo de montagem.

Uma saída interessante para reduzir os custos aqui, é que na montagem de móveis corporativos é possível mesclar a equipe, ou seja, existem atividades para montadores de móveis convencionais e modulados, ficando a parte mais complexa nas mão dos montadores de corporativos ou planejados. Isto funciona e normalmente os montadores ajudantes costuma receber diárias para estes casos.

Chegando na montagem de móveis planejados propriamente dita, o produto não chega necessariamente pronto na casa do cliente. Como algumas marcenarias trabalham com padronização de 10 em 10 milímetros ou até mais, muitas peças serão recortadas e recoladas na casa do cliente. Todos os rasgos, encaixes e adaptações também irão ocorrer neste local. Muitas das furações também poderão ser finalizadas no local.

Devido à isto, a quantidade de ferramentas necessárias para esta montagem é grande, fica impossível atender sem um carro e o custo do deslocamento aumenta. Tais ferramentas precisam ser depreciadas o que também eleva o valor do serviço. As atividades técnicas são mais elaboradas, elevando o valor da hora de montagem, dado o investimento do profissional em seu conhecimento técnico. O material utilizado no produto é mais nobre, portanto um eventual erro acaba saindo mais caro para o profissional, que diferente dos montadores de convencionais ou modulados, assume os custos de seus erros onde não existe um fabricante para mandar a técnica (que é uma peça padronizada) para o lojista repor sem custos. Os painéis dos móveis planejados são em sua maioria exclusivos.

Finalmente falando sobre a desmontagem e posterior remontagem, toda vez que o produto exige reparos, leva também vantagem o montador de móveis planejados. Mesmo que ele não seja ainda um montador marceneiro, certamente já possui alguma familiaridade em fazer pequenos reparos e adaptações no produto para reverter defeitos e avarias existentes.

Concluindo, o Portal do Montador espera ter esclarecido principalmente a questão de diferenciar os montadores de móveis modulados e os montadores de móveis planejados. Não existe melhor ou pior, voltamos sempre a bater na mesma tecla, existe o montador adequado ao tipo de montagem que se pretende realizar. A escolha do profissional é o grande ponto chave dentro deste contexto.

Sucesso a todos!

0 comentários:

Postar um comentário